Concepções de progresso biológico em livros didáticos de biologia aprovados pelo PNLD 2012

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Concepções de progresso biológico em livros didáticos de biologia aprovados pelo PNLD 2012

Mostrar registro completo

Título: Concepções de progresso biológico em livros didáticos de biologia aprovados pelo PNLD 2012
Autor: Alfaya-Santos, João Vicente
Resumo: As pesquisas já produzidas sobre o ensino de Evolução Biológica apontam que tanto professores como alunos, quando indagados sobre processos evolutivos, compartilham pontos em comum, como o de que a Evolução Biológica é linear, visa ao melhoramento dos organismos e possui um propósito último. Essa variedade de interpretações aponta para uma questão central para o entendimento da Evolução Biológica: a existência (ou não) de progresso. Sobre esse tema debruçaram-se, ao longo do tempo, autores como Charles Darwin, Francisco José Ayala e Stephen Jay Gould, cujos argumentos são debatidos no presente trabalho, constituindo o pano de fundo para uma investigação que visa identificar e caracterizar os entendimentos associados ao progresso biológico/evolutivo, presentes em um dos principais recursos didáticos utilizados na escola, os livros didáticos, neste caso, aqueles selecionados pelo Plano Nacional do Livro Didático 2012. Com base nas resenhas do Guia do Livro Didático de 2012, foram selecionados e analisados dez livros. O percurso metodológico qualitativo da pesquisa baseou-se na Análise de Conteúdo, elegendo como categorias de análise a priori as definições de progresso propostas em investigações anteriores, a saber: finalidade, valoração entre seres vivos, mecanismos diretivos, linearidade e aumento de complexidade, e também incluindo uma nova categoria, denominada de melhoria/aperfeiçoamento. A análise dos textos dos dez livros da amostra evidenciou a frequente presença de concepções de progresso que puderam ser relacionadas, individual ou coletivamente, a todas as categorias apontadas, com destaque para as encontradas com maior frequência, que foram as de linearidade e de melhoria/aperfeiçoamento. Em muitos casos, as imagens e exemplos incluídos ao longo dos textos contribuíram adicionalmente para o reforço dessas concepções. Entendendo que a presença de progresso na Evolução Biológica persiste como um tema controverso, são discutidos os impactos que a presença desses elementos pode trazer ao seu ensino. Reitera-se, também, a necessidade de que a formação dos professores de Ciências e de Biologia contemple aspectos relacionados à História e à Filosofia da Ciência, questões fundamentais para o entendimento da Evolução Biológica <br>Abstract: indicated that both teachers and students, when asked about evolutionary processes, share common views, such as the ideas that Biological Evolution is linear, aims to improve organisms and that it has an ultimate purpose. This variety of interpretations points to a central issue for understanding Biological Evolution: the existence (or not) of progress. Over time, authors such as Charles Darwin, Francisco José Ayala and Stephen Jay Gould have long discussed this theme. In the present research, their arguments constitute a background for an investigation that aims to identify and characterize the understandings associated with biological/evolutionary progress, as presented in secondary level textbooks, a major teaching resource used in schools, in this case those selected by the National Plan of School Textbooks 2012. Based on reviews presented in the official Textbook Guide 2012, ten books were selected and analyzed. The methodological approach of qualitative research was based on content analysis, electing as categories of analysis a priori definitions of progress proposed in previous researches, namely: purpose, valuation between living beings, directive mechanisms, linearity and increase in complexity, and also including a new category, called enhancement / improvement. Text analysis was performed in all ten textbooks, showing the common presence of conceptions of progress that could be related, individually or collectively, to all categories mentioned, especially those found with higher frequency, which were linearity and enhencement / improvement. In many cases, images and examples included along the texts contributed additionally to reinforce those interpretations. Understanding that the existence of progress in Evolutionary Biology remains as a controversial issue, we discuss the impacts that the presence of these elements can bring to their teaching. We also claim for the need of science and Biology teachers? further training in issues related to the History and Philosophy of Science, which constitute fundamental elements for the understanding of Biological Evolution.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-graduação em Educação Científica e Tecnológica, Florianópolis, 2013
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/107450
Data: 2013


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
320231.pdf 2.214Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar