A hierarquia monetária internacional: a ascenção do renminbi e a resiliência do dólar num regime monetário internacional "financeirizado"

DSpace Repository

A- A A+

A hierarquia monetária internacional: a ascenção do renminbi e a resiliência do dólar num regime monetário internacional "financeirizado"

Show full item record

Title: A hierarquia monetária internacional: a ascenção do renminbi e a resiliência do dólar num regime monetário internacional "financeirizado"
Author: Santos, Tom Claudino dos
Abstract: Esta pesquisa é um estudo sobre o processo de internacionalização da moeda chinesa, o renminbi. O objetivo é investigar porque a China possui uma moeda que tem um papel internacional inexpressivo, apesar de o país já ser um país importante em termos econômicos e políticos. Com o intuito de atender a esse objetivo, inicia-se a pesquisa com uma revisão da literatura especializada de EPI sobre a internacionalização monetária, com enfoque nas contribuições de Benjamin Cohen. Em seguida, busca-se complementar as perspectivas teóricas existentes com conceitos da teoria pós-keynesiana, a qual auxilia na explicação do caráter assimétrico e hierárquico do Sistema Monetário Internacional. A partir dessas lentes, analisa-se o papel do dólar e do renminbi na pirâmide monetária contemporânea e demonstra-se como a dependência global da moeda estadunidense está associada à incapacidade do RMB de assumir maior importância internacional. Demonstra-se que, apesar da crise de 2008, o dólar continua a desempenhar os papéis de unidade de conta, meio de troca e reserva de valor e que existem poucos indícios de que qualquer mudança significativa no padrão dólar-flexível pudesse ocorrer no curto prazo. Por outro lado, apesar da dificuldade da China de promover um uso sustentado da sua moeda para além de suas fronteiras, defende-se que a expansão internacional das finanças e das instituições chinesas indica o início de uma contestação com a ordem vigente, o que é interpretado como uma ?segunda face? do poder estrutural. Ou seja, apesar de a moeda chinesa ainda ser pouco utilizada internacionalmente, a ascensão da China como player na área financeira e monetária aponta que outros países periféricos passam a ter outras opções dentro do regime vigente.Abstract: This research is a study on the process of internationalization of the Chinese currency, the renminbi. The aim is to investigate why China has a currency that has an inexpressive international role, even though the country is already an important country in economic and political terms. In order to meet this objective, the research begins with a review of the specialized literature of EPI on monetary internationalization, focusing on the contributions of Benjamin Cohen. Then, it seeks to complement the existing theoretical perspectives with concepts of post-Keynesian theory, which helps in explaining the asymmetric and hierarchical character of the International Monetary System. From these lenses, the role of the dollar and the renminbi in the contemporary monetary pyramid is analyzed and it is shown how the global dependence of the American currency is associated to the incapacity of the RMB to assume greater international importance. It is demonstrated that despite the 2008 crisis, the dollar continues to play the roles of unit of account, medium of exchange and reserve of value and that there is little evidence that any significant change in the dollar-flexible pattern could occur in the short term. On the other hand, despite China's inability to promote a sustainable use of its currency beyond its borders, it is argued that the international expansion of Chinese finances and institutions indicate the beginning of a contestation with the prevailing order, which is interpreted as a ?second face? of structural power. That is, although the Chinese currency is still little used internationally, the rise of China as a player in the financial and monetary area indicates that other peripheral countries have other options within the current regime.
Description: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, Florianópolis, 2019.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/214462
Date: 2019


Files in this item

Files Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar