Formação e atuação do tradutor intérprete de libras em sala de aula

DSpace Repository

A- A A+

Formação e atuação do tradutor intérprete de libras em sala de aula

Show simple item record

dc.contributor.author MELO, Alda Valéria Santos de
dc.date.accessioned 2018-10-13T00:07:22Z
dc.date.available 2018-10-13T00:07:22Z
dc.date.issued 2013
dc.identifier.citation MELO, Alda Valéria Santos de. Formação e atuação do tradutor intérprete de libras em sala de aula. 2013. 156 f. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Educação). Universidade Tiradentes. 2013. Orientadora: Dra. Ilka Miglio de Mesquita pt_BR
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/190441
dc.description.abstract O presente estudo tem como objetivo geral analisar a formação do tradutor e intérprete de Libras em relação à sua atuação na sala de aula, baseando-se nos princípios da Declaração de Salamanca, que defendem ser a aprendizagem, preferencialmente, realizada com todos os indivíduos juntos, em compartilhamento e construção. No entanto, para que, efetivamente, a comunidade surda possa ser favorecida com esta proposta, é necessário formar profissionais tradutores e intérpretes bem preparados e conscientes de seu papel no contexto educacional. O objeto de estudo desta dissertação é a formação e atuação do tradutor e intérprete de Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) na sala de aula. O tradutor e intérprete de Libras é o profissional responsável pela mediação em situações de comunicação nas quais estão sendo utilizadas, neste caso específico, a Língua de Sinais e a Língua Portuguesa. Quando atua no meio educacional, esse profissional recebe a designação de intérprete educacional. Os objetivos específicos desse estudo se concentram em: Identificar o processo de formação do tradutor e intérprete de Libras, analisando sua ação nos diversos espaços educacionais formativos; Analisar a identidade do tradutor e intérprete de Libras em relação à constituição de sua prática mediadora, tradutora e interpretativa. A fundamentação teórica é desenvolvida a partir da construção de um texto argumentativo no qual se entremeiam as falas dos autores/teorias sobre o universo da Libras, a própria fala da pesquisadora, também tradutora e intérprete de Libras em diálogo com as teorias e, ainda, as falas dos entrevistados. Na continuidade da argumentação, ajusta-se o foco na relação humana e profissional professor regente/intérprete de Libras. Adotou-se para esta pesquisa a abordagem qualitativa, tendo como campo empírico uma escola da rede estadual em Aracaju/Sergipe e como instrumento de coleta de dados entrevistas semiestruturadas realizadas com uma amostra de 14 (catorze) sujeitos. Entre eles, tradutores e intérpretes de Libras, professores regentes, alunos surdos, coordenador pedagógico e diretor. Os tradutores e intérpretes selecionados atuam na instituição há mais de um ano, contratados pela Secretaria de Estado da Educação, e capacitados para atuarem em sala de aula. Como aporte teórico utilizou-se de Cordova (2009), Leite (2005), Quadros (2005), Rosa (2005), Tuxi (2009); e metodológico Creswell (2007), Bardin (2002), dentre outros. Os resultados evidenciaram o papel do profissional tradutor e intérprete de Libras em atividade educacional; levantou-se a possibilidade de uma co-docência e considerou-se a necessidade de formação de nível superior específica no Curso de Letras/Libras, com especialização em tradução e interpretação. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher UNIT pt_BR
dc.subject Tradutor e intérprete pt_BR
dc.subject Formação profissional pt_BR
dc.subject Língua de Sinais pt_BR
dc.subject Surdo pt_BR
dc.title Formação e atuação do tradutor intérprete de libras em sala de aula pt_BR
dc.type Master Thesis pt_BR


Files in this item

Files Size Format View
MELO Valeria Sa ... niversidade Tiradentes.pdf 1.328Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar