Diálogos sobre a escola e a educação bilíngue Libras/Português: olhares de surdos e ouvintes

DSpace Repository

A- A A+

Diálogos sobre a escola e a educação bilíngue Libras/Português: olhares de surdos e ouvintes

Show simple item record

dc.contributor.author HAHN, Rosimêri Schuck Schmidt
dc.date.accessioned 2018-07-17T19:02:19Z
dc.date.available 2018-07-17T19:02:19Z
dc.date.issued 2012
dc.identifier.citation HAHN, Rosimêri Schuck Schmidt. Diálogos sobre a escola e a educação bilíngue Libras/Português: olhares de surdos e ouvintes. 2012. 200 f. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Educação). Universidade Estadual de Campinas. 2012. Orientadora: Dra. Regina Maria de Souza pt_BR
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/188360
dc.description.abstract Apresento neste estudo, inicialmente, a constituição do projeto de educação bilíngue do Instituto Federal de Santa Catarina, campus São José. Procuro analisar como alunos surdos de uma turma do Curso de Ensino Médio Bilíngue Libras/Português e alunos ouvintes de uma turma de Ensino Médio significam a escola e como percebem o outro diferente ao seu grupo. Os dados foram obtidos através de entrevistas com quatro alunos surdos – com a participação da intérprete da língua de sinais – e quatro alunos ouvintes. Todas as entrevistas foram filmadas e realizadas individualmente com cada sujeito. Para a análise dos dados, foi realizada análise temática a partir das transcrições das entrevistas. Foram estabelecidas as seguintes categorias temáticas: Escola e estudo – para quê?; Imagem do professor; Concepção sobre a surdez, o estudar na mesma classe e a interação com o ouvinte. Teoricamente, as discussões dos dados consideraram a concepção histórico-cultural sobre língua(gem), os conceitos foucaultiano de poder disciplinar e norma, no que se refere aos mecanismos da criação dos normais e, consequentemente, dos excluídos. Os resultados indicam que, do ponto de vista do estudante, a escola é entendida como instituição normalizadora, mas, ao mesmo tempo, como lugar de humanização. Ela é percebida, pelos alunos ouvintes, como um espaço de disciplinamento e como uma etapa obrigatória e necessária para se certificar para o mundo do trabalho; e, para os alunos surdos a escola, que adota uma proposta bilíngue, representa um lugar onde eles podem se olhar como seres humanos que partilham uma língua comum e viva, fator necessário para o processo de subjetivação e para o sentimento de ser parte de uma comunidade mais ampla que a própria família. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Unicamp pt_BR
dc.subject Surdez pt_BR
dc.subject Educação Bilíngüe pt_BR
dc.subject Língua(gem) pt_BR
dc.subject Disciplinamento pt_BR
dc.subject Normalização pt_BR
dc.title Diálogos sobre a escola e a educação bilíngue Libras/Português: olhares de surdos e ouvintes pt_BR
dc.type Master Thesis pt_BR


Files in this item

Files Size Format View
HAHN Rosimêri S ... (dissertação) UNICAMP.pdf 1.231Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar