A intenção de cumprir a lei

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

A intenção de cumprir a lei

Mostrar registro completo

Título: A intenção de cumprir a lei
Autor: Brandão Neto, João Marques
Resumo: Através de pesquisa de campo, que utilizou o método da "Amostragem Simples Casualizada", procurou-se verificar, no centro da cidade de Itajaí - que constituiu o universo de pesquisa - a intenção de cumprir a lei. Verificou-se, ainda, a interferência das seguintes variáveis nesta intenção: idade, sexo, grau de instrução, profissão, origem étnica, religião e situação financeira. Itajaí possuía, em 1980, 86.460 (oitenta e seis mil, quatrocentos e sessenta) habitantes, correspondentes pois, 2,38% da população do estado de Santa Catarina. Há duas leis que servem como parâmetros para a verificação: uma municipal e outra federal. Nos aportes teóricos, são colocados os pontos de vista de determinados juristas brasileiros e de outros autores não-juristas, a respeito do objeto da pesquisa. Entre as respostas que obtiveram percentuais superiores a 50% dos entrevistados, estão as seguintes: declaram que sempre cumprem as leis (69,25%); acreditam que a maioria das pessoas não cumpre as leis (78,09%). Ao analisar as hipóteses, verificou-se que a única variável que influiu na intenção de cumprir a lei foi a idade. Na conclusão, destacam-se as respostas que obtiveram a preferência da maioria dos entrevistados e cogita-se as conseqüências advindas do modo de pensar decorrente destas opiniões. São, também, sugeridas novas pesquisas que podem ser realizadas a partir do resultado deste trabalho.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnologico
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/106294
Data: 1988


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
82053.pdf 6.137Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar