O bóia-fria e a (de)formação do espaço agrário de Florestópolis-PR /

DSpace Repository

A- A A+

O bóia-fria e a (de)formação do espaço agrário de Florestópolis-PR /

Show full item record

Title: O bóia-fria e a (de)formação do espaço agrário de Florestópolis-PR /
Author: Broietti, Marcos Henrique
Abstract: O presente trabalho discute o assalariado rural temporário, o bóia-fria, no processo de (de)formação do espaço agrário do Município de Florestópolis, que se localiza no norte do Paraná. As análises referentes ao Município em apreço foram realizadas através de reflexões sobre a estrutura fundiária, o uso da terra e a modernização da agricultura. Além disso, discutimos as relações de trabalho no campo, privilegiando a problemática dos bóias-frias. Enfatiza-se que os bóias-frias são trabalhadores desprovidos dos meios de produção e encontram oferta de serviços em períodos sazonais, sendo obrigados a vender sua força de trabalho para garantir sua sobrevivência. Em Florestópolis, a cultura agrícola que mais absorve mão-de-obra destes trabalhadores é a cana-de-açúcar. A colheita de cana-de-açúcar acontece, normalmente, no período de junho a dezembro. No decorrer do trabalho, buscamos diagnosticar algumas potencialidades do grupo em discussão, tais como questões relacionadas à reforma agrária e suas aspirações para o futuro. Assim, de maneira geral, procuramos entender a dinâmica desses trabalhadores no processo de transformação do espaço agrário do Município de Florestópolis.
Description: Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas.
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/81009
Date: 1999


Files in this item

Files Size Format View
169881.pdf 57.99Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar