APLICAÇÃO DO MODELO PRESSÃO-­ESTADO-­ RESPOSTA (PER) EM UM CÓRREGO NO ITACORUBI (FLORIANÓPOLIS/SC) CONSIDERANDO SUA SUB-­BACIA HIDROGRÁFICA DE INFLUÊNCIA

DSpace Repository

A- A A+

APLICAÇÃO DO MODELO PRESSÃO-­ESTADO-­ RESPOSTA (PER) EM UM CÓRREGO NO ITACORUBI (FLORIANÓPOLIS/SC) CONSIDERANDO SUA SUB-­BACIA HIDROGRÁFICA DE INFLUÊNCIA

Show full item record

Title: APLICAÇÃO DO MODELO PRESSÃO-­ESTADO-­ RESPOSTA (PER) EM UM CÓRREGO NO ITACORUBI (FLORIANÓPOLIS/SC) CONSIDERANDO SUA SUB-­BACIA HIDROGRÁFICA DE INFLUÊNCIA
Author: Olberg, Mirian Rechia
Abstract: A urbanização que ocorre nos países em desenvolvimento gera, entre outros problemas, a ocupação desordenada em áreas sem infraestrutura adequada, o que contribui para a degradação ambiental e poluição dos corpos hídricos. O bairro do Itacorubi, em Florianópolis, é uma região com histórico de ocupação urbana acelerada e poluição de seus cursos d´água. O córrego do Itacorubi, com nascentes no Morro do Quilombo, deságua no rio Itacorubi e, posteriormente, no manguezal. Nesse contexto, objetivou-se avaliar os efeitos da urbanização sobre esse córrego, através de indicadores ambientais expressos pelo modelo Pressão-Estado-Resposta (PER), considerando sua sub-bacia hidrográfica de influência. Os indicadores selecionados foram: Indicadores de Pressão - uso do solo, densidade demográfica em área ocupada, saneamento, e retificação do canal; Indicadores de Estado - cobertura vegetal e qualidade da água do córrego; Indicadores de Resposta - Plano Diretor, cumprimento do Código Florestal e Lei da Mata Atlântica; Plano Integrado de Saneamento Básico, CONAMA 430/2011 e Decreto 14.675/2009; iniciativa privada e sociedade civil. A metodologia para a medição dos indicadores ocorreu através de revisão bibliográfica; da obtenção de dados em campo, como registros fotográficos, entrevistas, coleta e análise da água do córrego do Itacorubi; dados secundários; e através de mapeamentos. Como produto, construiu-se uma matriz de vulnerabilidade para o córrego do Itacorubi, salientando-se as conexões entre os indicadores de Pressão e Estado. A matriz apontou que os indicadores de Pressão uso do solo e saneamento são os que mais influenciam no indicador de Estado qualidade de água. Diante das Respostas atuais, observou-se que apesar de haver um Plano Diretor, de Saneamento Básico, legislações pertinentes à conservação ambiental e algumas ações da sociedade civil, o córrego do Itacorubi passa por um processo intenso de antropização, causado pela urbanização e seus efeitos na sub-bacia de estudo.
Description: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnológico. Engenharia Sanitária e Ambiental.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/195661
Date: 2018-11-28


Files in this item

Files Size Format View
TCC II Mirian Rechia Olberg.pdf 10.86Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar