DIAGNÓSTICO DA QUALIDADE DE ÁGUA DE RIOS COM NÍVEIS DISTINTOS DE URBANIZAÇÃO NA BACIA DA LAGOA DA CONCEIÇÃO EM FLORIANÓPOLIS (SC)

DSpace Repository

A- A A+

DIAGNÓSTICO DA QUALIDADE DE ÁGUA DE RIOS COM NÍVEIS DISTINTOS DE URBANIZAÇÃO NA BACIA DA LAGOA DA CONCEIÇÃO EM FLORIANÓPOLIS (SC)

Show full item record

Title: DIAGNÓSTICO DA QUALIDADE DE ÁGUA DE RIOS COM NÍVEIS DISTINTOS DE URBANIZAÇÃO NA BACIA DA LAGOA DA CONCEIÇÃO EM FLORIANÓPOLIS (SC)
Author: Spuza, Matheus Lima de
Abstract: Esse trabalho apresenta um diagnóstico da qualidade da água de quatro rios situados na bacia da Lagoa da Conceição em Florianópolis (SC). Foram realizadas doze campanhas amostrais totalizando três para cada um dentre os rios: Apa, Porto da Lagoa, João Gualberto e Costa da Lagoa. Assim como verificado por Silva et al. (2017) o aumento intensivo da taxa de urbanização na bacia nos últimos anos aliado à falta de saneamento efetivo, vêm apresentando modificações na qualidade da água da laguna ao longo do tempo, sendo que essas alterações podem estar comprometendo a sua homeostase e capacidade de resiliência. Foram escolhidos dois pontos amostrais para cada rio, um localizado o mais próximo possível da nascente e outro à foz em regiões onde houvesse um canal retilíneo de fácil acesso sem interferências diretas da laguna. Os parâmetros analisados no trabalho foram: Vazão, pH, Temperatura, Oxigênio dissolvido, Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO), Nitrogênio Inorgânico Dissolvido (NID), Fósforo Inorgânico Dissolvido (PID), Silicato, Clorofila-a e Material Particulado em Suspensão (MPS). Em adição foi calculada a carga de nutrientes e o índice de estado trófico (TRIX) para avaliar o grau de influência das avariáveis associadas. Os resultados apresentaram uma diferença significativa entre os resultados para nascente e foz de acordo com os níveis de urbanização. O rio da Costa da Lagoa nos mostra como uma Sub Bacia hidrográfica (SBH) pouco urbanizada (2%) sofre menor influência em seus corpos hídricos quando comparado às outras SBHs com maior grau de urbanização. O rio João Gualberto (9%) obteve o valor de 20476,12 mg/L para NID com uma carga de 242242,420 Kg/d, enquanto as concentrações de Silicato para o rio Apa (16%) foram de 0,73 mg/L para nascente e 28539,66 mg/L para foz, com uma carga de 30099,072 Kg/d. Os valores do índice trófico encontrados indicam a classificação de eutrofização para a foz do João Gualberto e para foz do rio Apa. Além disso, a SBH do rio Apa apresentou valores superiores de NID e PID para a sua foz, o que mostra indícios de contaminação de águas residuárias da comunidade urbana situada entre os dois pontos. O rio do Porto da Lagoa (25%) também apresentou valores bem superiores para NID, PID e Silicato em sua foz, mostrando uma tendência em todas SBHs urbanizadas que foram monitoradas./ This work presentes a water quality diagnosis for four rivers located in the Lagoa da Conceição basin in Florianópolis (SC). Twelve sample campaigns were carried out totaling three for each one of the following rivers: Apa, Porto da Lagoa, João Gualberto and Costa da Lagoa. As verified by Silva et al. (2017), na intensive increase in the rate of urbanization in the basin in recente years coupled with the lack of effective sanitation has been presenting changes in the water quality of the lagoon over time, so these alterations may be compromising its homeostasis and resilience capacity. Two sampling points were chosen for each river, one located as close as possible to the spring and another to the mouth in regions where there was a rectilinear channel of easy access without direct interferences of the lagoon. The parameters analyzed in the work were: Waterflow, pH, Temperatura, Dissolved Oxygen, Biochemical Oxygen Demand (BOD), Dissolved Inorganic Nitrogen (DIN), Dissolved Inorganic Phosphorus (PID), Silicate, Chorophyll-a and Suspended Particulate Matter (SPM). In addition was calculated the nutriente charge and the Trophic Index (TRIX) to evaluate the degree of influence of the associated variables. The results showed a significant difference between spring and mouth according to urbanization levels. Costa da Lagoa river shows u show a less urbanized Sub-basin (2%) suffers less influence in its water bodies when compared to other Sub-basin with a higher degree of urbanization. João Gualberto river (9%) obtained a value of 20476,12 mg/L for NID with a load of 242242,420 Kg/d, while concentrations of Silicate for Apa river (9%) were 0,73 mg/L for spring and 28539,66 mg/L for mouth with a load of 30099,072 Kg/d. The values of trophic index found indicate a classification of eutrophication for the mouth of João Gualberto and Apa. In addition, Apa Sub-basin presented much higher values of NID and PID for its mouth, which shows signs of contamination of wastewater of the urban community located between the two points. Porto da Lagoa river (25%) also presented higher values for NID, PID and Silicate at its mouth, showing a trend in all urbanized Sub-basin monitored.
Description: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnológico. Engenharia Sanitária e Ambiental.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/195660
Date: 2018-11-29


Files in this item

Files Size Format View
TCC II Matheus Lima de Souza.pdf 2.647Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar