AVALIAÇÃO DE SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS: UMA REVISÃO SOBRE MODELOS E INDICADORES DE PERFORMANCE

DSpace Repository

A- A A+

AVALIAÇÃO DE SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS: UMA REVISÃO SOBRE MODELOS E INDICADORES DE PERFORMANCE

Show full item record

Title: AVALIAÇÃO DE SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS: UMA REVISÃO SOBRE MODELOS E INDICADORES DE PERFORMANCE
Author: Ferreira, Carolina Xavier
Abstract: O avanço do processo de urbanização, percebido em diversos países, é acompanhado do aumento do seu principal subproduto, o resíduo sólido urbano, o que traz implicações para o meio ambiente, para a saúde pública e para a economia. Somado a isso, cresce a pressão para que os serviços de gerenciamento desses resíduos estejam, cada vez mais, fundamentados em práticas ambientalmente corretas, economicamente viáveis e socialmente aceitáveis. Sendo assim, as estratégias de gestão devem estar pautadas em informações reais sobre o desempenho dos sistemas de gerenciamento e, portanto, conhecer como tais sistemas podem ser avaliados é uma temática emergente. Endereçando tal problemática, este estudo apresenta e discute os principais modelos e indicadores de avaliação de desempenho dos sistemas de gerenciamento de resíduos sólidos urbanos utilizados para a tomada de decisão. Como resultados a literatura mostra que as principais técnicas discutidas são classificadas como system engineering models ou system assessment tools, sendo a combinação de ferramentas indicada como estratégia para que as deficiências de uma técnica sejam supridas pelas potencialidades de outra. Entre as principais técnicas utilizadas para avaliar os sistemas de gerenciamento de RSU, destaca-se a análise de custo benefício, a avaliação do ciclo de vida e as técnicas de decisão multicritério. A primeira delas, não foi abordada neste estudo, uma vez que não foi identificada nas publicações selecionadas. A avaliação do ciclo de vida, foi principalmente relacionada a modelos estáticos, baseados em programação linear, que não possibilitam considerar variações temporais nos fluxos de massa dos resíduos, sendo para tal sugerido o uso de modelos dinâmicos, baseados em programação não-linear, como forma de suprir tais limitações. As técnicas de decisão multicritério, destacam-se como ferramentas que possibilitam avaliar os resultados obtidos por outras técnicas, como a avaliação do ciclo de vida, por meio de uma metodologia sistemática, capaz de orientar a tomada de decisão. Entre as técnicas de decisão multicritério, a analytic hierarchy process está entre as mais utilizadas, uma vez que possibilita avaliar situações em que diversos critérios devem ser considerados em relação a um número pré-determinado de alternativas, como é o caso de grande parte das situações encontradas no gerenciamento de resíduos sólidos. Por fim a técnica ainda possibilita incorporar a participação dos stakeholders no processo de tomada de decisão. Com relação aos indicadores de desempenho, diversas categorias são propostas na literatura, sendo, no entanto, principalmente destacadas as dimensões econômica, ambiental e social. A elevada subjetividade ainda presente nos indicadores sociais foi evidenciada como um dos fatores de dificuldade para uma avaliação sustentável dos sistemas. Complementarmente a participação dos stakeholders na tomada de decisão foi relacionado a um aumento do grau de incerteza de alguns modelos, embora essa participação possa ser considerada aspecto essencial para uma avaliação integrada dos sistemas de gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos.
Description: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnológico. Engenharia Sanitária e Ambiental.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/195639
Date: 2019-01-15


Files in this item

Files Size Format View
TCC II Carolina Xavier Ferreira.pdf 1.773Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar