INVENTÁRIO DE EMISSÕES VEICULARES NO ESTADO DE SANTA CATARINA Universidade

DSpace Repository

A- A A+

INVENTÁRIO DE EMISSÕES VEICULARES NO ESTADO DE SANTA CATARINA Universidade

Show full item record

Title: INVENTÁRIO DE EMISSÕES VEICULARES NO ESTADO DE SANTA CATARINA Universidade
Author: Vasques, Thiago Vieira
Abstract: O estado de Santa Catarina possui a 6ª maior frota e uma das maiores densidades de veículos do país. Por este motivo, é importante que sejam elaboradas estratégias de controle de emissões veiculares em Santa Catarina. Neste contexto, o presente trabalho tem como objetivo, elaborar um inventário de emissões veiculares para o estado de Santa Catarina. Utilizando o método de estimativa Top-Down considerando a idade da frota, o consumo de combustível e o fator de emissão dos veículos para cada município do estado, estimou-se que o estado catarinense é responsável pela emissão de 109.991,71 ton.ano-1 de CO, 14.124,86 ton.ano-1 de HC, 92.012,32 ton.ano-1 de NOx, 3.990,85 ton.ano-1 de MP e 808,18 ton.ano-1 de N2O. O estado de SC possui frota veicular com predomínio de veículos leves, equivalente a 59% da frota total, sendo estes os principais responsáveis pela emissão de CO (74%) e HC (57%). Os veículos comerciais leves possuem um perfil de emissão semelhante aos veículos leves, no entanto, com menor magnitude devido a menor frota. As motos, apesar de representarem a segunda maior frota do estado em número de veículos e 24% da frota total, emitem pouco. Os veículos pesados representam apenas 5% da frota total, e são os principais emissores de NOx (93%) e MP (99%). Em comparação com estudos realizados em âmbito nacional, e nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná, os veículos leves têm a maior contribuição para a emissão de CO no estado catarinense. A emissão total de CO, NOx e MP em Santa Catarina é maior que o estado fluminense. Quando comparada a emissão por veículos, SC supera o estado de SP e do RJ em todos os poluentes. A comparação das emissões por área territorial apresentou que o estado de Santa Catarina é a maior emissora de Material Particulado por km². Diante desses resultados, as emissões veiculares se mostram como uma importante fonte de emissão de poluentes, que podem ser sujeitas a uma possível adoção de medidas de controle visando à preservação da qualidade do ar.
Description: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnológico. Engenharia Sanitária e Ambiental.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/195619
Date: 2018-06-18


Files in this item

Files Size Format View
TCC Thiago Vasques.pdf 3.236Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar