Residência multiprofissional em saúde: a integração ensino-serviço no processo formativo

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Residência multiprofissional em saúde: a integração ensino-serviço no processo formativo

Mostrar registro completo

Título: Residência multiprofissional em saúde: a integração ensino-serviço no processo formativo
Autor: Lopes, Christiny Regina
Resumo: No intuito de compreender como a integração ensino-serviço se expressa no processo formativo da Residência Multiprofissional em Saúde, realizou-se estudo de caso coletivo; de acordo com a proposição de Robert Stake, com abordagem qualitativa. O marco referencial está sustentado pela Política Nacional de Educação Permanente em Saúde e normatizações nacionais referentes aos Programas de Residência Multiprofissional em Saúde. O estudo ocorreu no âmbito dos Programas de Residência Multiprofissional em Saúde que tem a Universidade Federal de Santa Catarina como Instituição Proponente, os quais se desenvolvem no município de Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina. A coleta de dados ocorreu entre julho e novembro de 2017; utilizando-se da triangulação a partir de documentos norteadores dos Programas e entrevistas online assíncronas e síncronas com 13 concluintes. A análise dos dados seguiu a proposta operativa para análise temática de dados qualitativos de Maria Cecília de Souza Minayo, culminando nas categorias temáticas: A proposta de integração ensino-serviço; Potencialidades na integração ensino-serviço; Desafios na integração ensino-serviço; e, Panorama dos Programas de Residência Multiprofissional em Saúde. O projeto de pesquisa foi apresentado ao Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos, obtendo aprovação pelo parecer 2.064.603 de 15 de maio de 2017, CAEE 64520117.1.0000.0121. Os resultados do estudo apontam que a proposta de integração ensino-serviço dos Programas estudados está de acordo com as diretrizes da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde e normativas nacionais relacionadas às Residências Multiprofissionais em Saúde, apresentando-se por meio dos elementos integrantes dos Projetos Pedagógicos dos Programas; ainda, manifesta-se nos âmbitos de gestão do processo e de operacionalização do mesmo. No processo formativo, a integração ensino-serviço é evidenciada; principalmente, na relação teórico-prática, na interação entre os diversos atores (tutor, preceptor, residente, servidores, gestores, usuários) do processo, assim como na articulação entre as Instituições responsáveis e seus representantes. Nesse sentido, os concluintes dos Programas estudados reconhecem as potencialidades e desafios que permeiam esse contexto, indicando a necessidade de aperfeiçoamento da integração ensino-serviço. Contudo, valorizam o processo formativo dos Programas para o crescimento/desenvolvimento profissional voltado para atuação no SUS. Conclui-se que a interface entre a integração ensino-serviço e o processo formativo, dos Programas de Residência Multiprofissional em Saúde estudados, parte da elaboração do Projeto Pedagógico, que engloba essa prática e prevê os momentos de sua operacionalização, orientando-se por concepções teóricas; nesses casos, relacionadas com a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde. No desenvolvimento dos Programas, a integração ensino-serviço se dá por meio da interação entre as Instituições responsáveis e seus representantes na (re)condução do Projeto, da interlocução entre os atores (tutor, preceptor, residente, servidores, gestores, usuários) envolvidos com a proposta e da relação teórico-prática no decorrer das atividades, encontrando nesses aspectos potencialidades e desafios a serem superados para o avanço da integração ensino-serviço nos Programas de Residência Multiprofissional em Saúde, visto que essa prática guarda relação direta com o processo formativo, o qual é legitimado para o crescimento/desenvolvimento profissional voltado para o SUS.Abstract : In order to understand how the teaching-service integration is expressed in the training process of the Multiprofessional Residence in Health, a collective case study was carried out; according to the proposition of Robert Stake, with qualitative approach. The referential mark is supported by the National Policy on Permanent Education in Health and national regulations related to Multiprofessional Health Residency Programs. The study was carried out within the framework of the Multiprofessional Health Residency Programs that have the Federal University of Santa Catarina as Proponent Institution, which are developed in the municipality of Florianópolis, capital of the state of Santa Catarina. Data collection occurred between July and November 2017; using triangulation, from the guiding documents of the Programs and online asynchronous and synchronous interviews with 13 graduates. The analysis of the data followed the operational proposal for the thematic analysis of qualitative data of Maria Cecília de Souza Minayo, culminating in thematic categories: The teaching-service integration proposal; Potentials in teaching-service integration; Challenges in teaching-service integration; Overview of Multiprofessional Health Residency Programs. The research project was submitted to the Ethics Committee on Human Research, obtaining approval by the opinion 2.064.603 of May 15, 2017, CAEE 64520117.1.0000.0121. The results of the study indicate that the teaching-service integration proposal of the Programs studied is in accordance with the guidelines of the National Policy on Permanent Education in Health and national regulations related to Multiprofessional Residencies in Health, presenting itself through the integral elements of the Projects Pedagogical Programs; still, manifests itself in the areas of process management and operationalization of the same. In the formative process, the teaching-service integration is evidenced; mainly in the theoretical-practical relation, in the interaction between the different actors (tutor, preceptor, resident, servers, managers, users) of the process, as well as in the articulation between the responsible Institutions and their representatives. In this sense, the graduates of the Programs studied recognize the potentialities and challenges that permeate this context, indicating the need to improve the teaching-service integration. However, they value the formative process of the Programs for professional growth / development aimed at acting in the SUS. It is concluded that the interface between the teaching-service integration and the training process, of the Multiprofessional Health Residency Programs studied, starts from the elaboration of the Pedagogical Project, which encompasses this practice and predicts the moments of its operationalization, guided by conceptions theoretical; in these cases, related to the National Policy of Permanent Education in Health. In the development of the Programs, the teaching-service integration takes place through the interaction between the responsible Institutions and their representatives in the (re)conduction of the Project, the interlocution between the actors (tutor, preceptor, resident, servers, managers, users) involved with the proposal and the theoretical-practical relationship in the course of activities, finding in these aspects potentialities and challenges to be overcome for the advancement of the teaching-service integration in Multiprofessional Health Residency Programs, since this practice is directly related to the training process, which is legitimized for professional growth/development focused on SUS.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2018.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/192937
Data: 2018


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
PNFR1060-D.pdf 1.217Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar