Relação entre fatores de risco de disfagia com avaliação funcional da alimentação em idosos institucionalizados

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Relação entre fatores de risco de disfagia com avaliação funcional da alimentação em idosos institucionalizados

Mostrar registro completo

Título: Relação entre fatores de risco de disfagia com avaliação funcional da alimentação em idosos institucionalizados
Autor: Chaves, Nathália Bunn
Resumo: Introdução: No envelhecimento ocorrem diversas modificações no organismo e estas são responsáveis pelos mais variados tipos de alterações clínicas, dentre elas podemos relatar a disfagia que acomete cada vez mais essa população. Junto a essas modificações, o idoso fica mais dependente de um cuidado especial da qual sua família está desprovida, levando esse idoso a uma instituição de longa permanência. Objetivo: Verificar o perfil da alimentação pelo tipo de consistência em idosos institucionalizados de Florianópolis. Metodologia: Estudo transversal realizado em instituições de longa permanência para idosos de Florianópolis, no qual foram entrevistados 39 idosos por meio do protocolo de Triagem para Grupo de risco para Disfagia Orofaríngea na população Idosa (GrDI), analisado de forma univariada e bivariada com os achados do check list da avaliação funcional da alimentação. Resultados: Durante a coleta de dados verificou-se que dos 39 idosos pesquisados, 64,10% eram do gênero feminino e 35,96% do gênero masculino, com média de idade de 83,49 anos. O tipo de consistência alimentar mais relatados foi a líquida (74,40%) e a sólida (69,20%). Dentre os principais fatores de risco para disfagia, o grupo de sinais para disfagia (40,00%) e uso de prótese dentária mal adaptada (18,00%) foram os mais prevalentes nesse estudo. Já a associação dos fatores de risco com os resultados da avaliação funcional da alimentação, mostrou que a utilização de prótese dentária até 10 anos, e a preferência por alimentos de consistência pudim e sólido deram resultados significativos, com sinais de aspiração e/ou sinais clínicos de disfagia positivos. Conclusão: O perfil alimentar da população de idosos institucionalizados nesse estudo aponta para a ingestão preferencial de líquidos e sólidos, apesar das dificuldades biomecânicas na presbifagia que essas consistências sugerem, pois os idosos referem extremo desprazer com consistências pastosas homogêneas.Introduction: In many aging changes occur in the body and these are responsible for most types of clinical changes, among them we can report dysphagia increasingly affecting this population. Along with these modifications, the elderly becomes more dependent on special care of his family which is devoid taking that old to a long-stay institution. Objective: To determine the profile of the type of power consistency in institutionalized elderly people in Florianópolis. Methods: Cross-sectional study in long- stay institutions for the elderly in Florianópolis, where 39 seniors were interviewed using the protocol of screening for risk group for Oropharyngeal Dysphagia in Elderly population (GRDI), analyzed using univariate analysis and bivariate analysis with the findings check list of functional evaluation of food. Results: During the data collection it was found that the 39 seniors surveyed, 64.10 % were female and 35.96 % male, with a mean age of 83.49 years. The most reported type of feed of liquid consistency (74.40 %) and solid (69.20%). Among the main risk factors for dysphagia, the group of signals for dysphagia (40.00 %) and use of ill-fitting dentures (18.00%) were the most prevalent in this study. The association of risk factors with the results of the functional assessment of feeding, showed that the use of dental prostheses up to 10 years, and prefer foods solid consistency of pudding and gave significant results, with signs of aspiration and / or clinical signs of positive dysphagia. Conclusion: The dietary profile of the population of institutionalized elderly in this study points to the preferential intake of liquids and solids, despite the difficulties in biomechanical presbifagia suggest that these consistencies, since the elderly relate extreme displeasure with homogeneous pasty consistency .
Descrição: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências da Saúde. Fonoaudiologia.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/115313
Data: 2013-11-04


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização Descrição
TCC 8.pdf 991.9Kb PDF Visualizar/Abrir PDF/A

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar