A participação como pressuposto para a construção de uma escola democrática: um estudo de caso

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

A participação como pressuposto para a construção de uma escola democrática: um estudo de caso

Mostrar registro completo

Título: A participação como pressuposto para a construção de uma escola democrática: um estudo de caso
Autor: Silva, Rosângela Maria da
Resumo: Este trabalho busca compreender a participação como pressuposto para a construção de uma escola democrática mediante o estudo de caso de uma escola de Florianópolis/SC, organizada como uma associação sem fins lucrativos a partir dos princípios da autogestão. Para compreender as práticas desenvolvidas nessa Escola, apresenta um estudo das idéias pedagógicas em nível mundial e da filosofia e história da educação brasileira. Desse estudo histórico, ressalta-se a influência do ideário que subsidiou as escolas "alternativas", democráticas e anarquistas. Aborda ainda as relações entre Infância, Educação, Escola e Sociedade imbricadas nessas práticas associativas e educativas a partir de alguns autores da Sociologia da Educação, Sociologia das Organizações e Sociologia da Infância. Utilizando-se dos procedimentos metodológicos da observação participante, análise documental e da realização de entrevistas, descreve a organização pedagógica e identifica os sujeitos escolares, historiciza as práticas associativas e pedagógicas buscando descobrir as concepções de criança e infância subjacentes a essas práticas. Os resultados obtidos apontam que o reconhecimento das crianças como atores sociais requer um "caldo de cultura" tal que possibilite aos adultos serem capazes de emancipar as gerações mais jovens. Uma prática autogestionária contribui para que os adultos reconheçam-se como atores sociais e assumam-se como autores de suas vidas. Esse fato parece colaborar positivamente para o desenvolvimento de ações educativas comprometidas com a defesa dos direitos das crianças e na criação de uma auto-percepção por parte de si próprias como capazes de autoria. A roda como espaço de convivência e fórum de decisões do grupo; a brincadeira como uma necessidade humana e direito da criança e as assembléias de crianças como lugar privilegiado do exercício da participação política são as ações educativas desenvolvidas nessa Escola em que se pode perceber a participação direta das crianças no cotidiano escolar. This text intends to understand the participation as a term for the construction of a democratic school through the study of a Florianópolis' school, organized as a non profitable association following self management's principles. To understand the practices developed in this school, it brings up a study of the world's pedagogic ideas as well as Brazilian Education's philosophy and history. Through this historical study, the influence of the ideas provided to "alternative", democratic and anarchist schools is shown. Besides, it analyzes the interactions between childhood, education, School and Society in these educational and associative practices through some Educational Sociology, Organizational Sociology and Childhood Sociology authors' point of view. By using methodological procedures, such as participative observation, documentary analysis and interviews, it describes the pedagogical organization and identifies the school actors, redeeming associative and pedagogical practices in an attempt to discover children and childhood conceptions, according to these practices. The results show that the recognition of children as social actors requires a "caldo de cultura" ("culture sauce") which would let adults emancipate younger generations. This self-management practice contributes to adults' self-recognition as social actors, and helps them assuming themselves as authors of their own lives. This fact seems to collaborate positively in the development of educative actions engaged in the protection of children's rights, as well as in creating self-perception of authorship capacity. The circle of friends as a social environment and the group decision's forum; the act of playing as a human need and a child's right, along with children's assemblies as a privileged place for political participation exercises are the educative actions developed in this School, where direct children participation in scholar everyday life is noticeable.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/101899
Data: 2005


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
223287.pdf 3.940Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar