Redução de fósforo em rações para truta arco-íris (Oncorhynchus mykiss)

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Redução de fósforo em rações para truta arco-íris (Oncorhynchus mykiss)

Mostrar registro completo

Título: Redução de fósforo em rações para truta arco-íris (Oncorhynchus mykiss)
Autor: Lima, Ronaldo de Lima
Resumo: O objetivo deste estudo foi reduzir o conteúdo de fósforo nas rações comerciais para truta arco-íris (Oncorhynchus mykiss). Para isto foram realizados três estudos. 1º- A proteína da farinha de resíduos de peixes foi substituída pela proteína da farinha de vísceras de frango (0, 25, 50, 75 e 100%) para alevinos (6,63 g peso médio inicial), por 90 dias. A substituição de até 25% (11,14% de inclusão) não causou prejuízo significativo ao crescimento. Entretanto, a histologia hepática revelou a presença de núcleos picnóticos, que podem ser indicadores de toxicidade, isto foi verificado em todos tratamentos. Adicionalmente, substituiu-se a proteína da farinha de resíduos de peixes, nos mesmos níveis do ensaio anterior, pela proteína do farelo de soja para juvenis (236,5 g peso médio inicial), por 60 dias. Substituindo até 46% (31% de inclusão), não causou prejuízo significativo ao crescimento. 2º- Foram utilizadas diferentes malhas (0,60; 1,00; 1,18; 1,40; 2,36 e 3,35 mm) para fracionar a farinha de resíduos de peixes produzida pela indústria. A maior redução de fósforo total (32%) e cinzas (36%), além da maior elevação protéica (20%) ocorreram com a malha 0,60 mm. 3º- Avaliamos desempenho (52 dias) dos peixes (163,64 g) e digestibilidade dos nutrientes com uma nova formulação contendo os melhores níveis de farinha de vísceras de frango (11,14%) e farelo de soja (31%) submetida a dois processos (extrusão e peletização) de fabricação. O maior ganho em peso diário (2,82 g) e peso final (306,31 g) foram observados nos peixes alimentados com a dieta extrusada, assim como os maiores coeficientes de digestibilidade aparente da proteína, extrato etéreo e matéria seca. A estes níveis de inclusão de fontes alternativas, houve uma diminuição na concentração de fósforo disponível nas dietas de 28,88 e 36,45%, respectivamente. Estes resultados demonstram que é possível reduzir consideravelmente a quantidade de fósforo nas rações de truta arco-íris sem afetar o desempenho. Adicionalmente, ressaltamos a importância do processo de extrusão e da escolha de ingredientes com boa digestibilidade para o melhor aproveitamento dos nutrientes da dieta pela truta.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2010
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/93923
Data:


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
289381.pdf 627.9Kb PDF Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar