O efeito de altas cargas instantâneas em pastoreio racional voisin no comportamento de pastoreio, pastagem e solo e da massagem no úbere ao final da ordenha na incidência de mastite

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

O efeito de altas cargas instantâneas em pastoreio racional voisin no comportamento de pastoreio, pastagem e solo e da massagem no úbere ao final da ordenha na incidência de mastite

Mostrar registro completo

Título: O efeito de altas cargas instantâneas em pastoreio racional voisin no comportamento de pastoreio, pastagem e solo e da massagem no úbere ao final da ordenha na incidência de mastite
Autor: Silveira, Marcela Cristina Agustini Carneiro
Resumo: Este trabalho teve duas hipóteses: 1º - há efeito de diferentes cargas animais instantâneas de vacas leiteiras em Pastoreio Racional Voisin (PRV) no comportamento de pastoreio, taxa de desaparecimento de pasto, produção de leite, resposta produtiva da pastagem sem impacto na compactação subsuperficial do solo. 2º - a massagem do úbere, ao final da ordenha, pode afetar o leite residual (LR) e, por conseqüência, a incidência de mastite. O experimento 1 e parte do 2 foram desenvolvidos no Assentamento Conquista na Fronteira, Dionísio Cerqueira - SC. O experimento 1 teve delineamento em blocos completamente casualizados, com duas cargas animais instantâneas (tratamentos): carga animal instantânea - baixa (BC= 80 UGM/ha) e alta (AC=240 UGM/ha). As vacas em lactação foram bloqueadas de acordo com número de partos, dias de lactação, e então, distribuídas aleatoriamente entre os tratamentos. Foram analisados produção de leite, comportamento de pastoreio, produção de pasto, taxa de desaparecimento do pasto, composição florística, resistência à penetração do solo e densidade aparente do solo. Não houve diferença em relação a produção de leite entre tratamentos. As vacas do tratamento AC pastaram por mais tempo do que as do tratamento BC. As vacas do tratamento BC ruminaram por mais tempo do que as do AC. Houve um maior crescimento de pasto no tratamento alta carga. Não houve diferença na composição botânica entre tratamentos, nem na resistência à penetração do solo. Concluiu-se que o uso de altas cargas instantâneas altera o comportamento de pastoreio, favorece a produção de pasto e não causa aumento da resistência à penetração no solo nem na densidade aparente. O experimento 2 foi feito em dois sub experimentos, um em uma granja comercial e outro em uma estação experimental. Foi feita massagem do úbere ao final da ordenha com o intuito de reduzir o LR e a incidência de mastite. LR não foi afetado pela massagem do úbere no sub experimento 1 (c=1.41, ± 0.19 kg), nem no sub experimento 2 (c=1.03 ± 0.32 kg). A massagem do úbere não teve efeito significativo na incidência de mastite (qui-quadrado; DF=1; p>0.68). Concluiu-se que, nas condições do experimento, a massagem do úbere ao final da ordenha não teve efeito no LR e nem na incidência de mastite.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/84219
Data: 2002


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
199904.pdf 228.2Kb PDF Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar