Educação para a emancipação?: uma análise crítica dos discursos sobre educação emancipadora no âmbito do Instituto Federal de Santa Catarina à luz do pensamento adorniano

DSpace Repository

A- A A+

Educação para a emancipação?: uma análise crítica dos discursos sobre educação emancipadora no âmbito do Instituto Federal de Santa Catarina à luz do pensamento adorniano

Show full item record

Title: Educação para a emancipação?: uma análise crítica dos discursos sobre educação emancipadora no âmbito do Instituto Federal de Santa Catarina à luz do pensamento adorniano
Author: Trajano, Francine de Souza
Abstract: Esta dissertação explora o tema da emancipação, mais precisamente a noção de uma educação de perspectiva emancipadora, no contexto dos Institutos Federais de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (IFs). Essas instituições estão atualmente inseridas no que se designa como uma ?nova institucionalidade?, que pressupõe a renovação e a reformulação da vigente ordem social das escolas técnicas, então centradas na profissionalização instrumental para o mercado de trabalho. De fato, o objetivo de emancipação tem aparecido corriqueiramente em diversos gêneros discursivos institucionais, como documentos legais, planos e currículos escolares no âmbito dos IFs, o que sugere a assimilação de discursos de teor progressista e emancipatório na perspectiva de um profissionalizar ampliado. Focalizando a realidade do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC), Campus Florianópolis, este estudo analisa criticamente os sentidos sobre educação emancipadora presentes nos discursos do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e em narrativas de docentes, à luz do pensamento adorniano. Busca-se, a partir de referencial teórico baseado em Theodor W. Adorno, e a partir do estabelecimento de crítica permanente, responder ao seguinte problema de pesquisa: Quais sentidos e interrelações os discursos normativos imbuídos no PDI e os discursos dos docentes do IFSC produzem sobre uma educação que se propõe emancipadora? Assumindo o discurso como elemento central para a compreensão do fenômeno sob investigação e produção de conhecimentos acerca dos temas abordados, essa pesquisa lança mão, epistemológica e metodologicamente, da Análise de Discurso Crítica (ADC) na vertente inglesa dialético-relacional cujo expoente é Norman Fairclough, como um momento estrutural do método da pesquisa, vertente que guarda coerência com o posicionamento ontológico do realismo crítico aqui adotado. A ADC parte da premissa de que por meio da linguagem importantes aspectos da realidade social são compreendidos, revelados e transformados, uma vez que o discurso se constitui em um estrato da realidade, uma forma de ação social. Na abordagem do problema de pesquisa, o estudo enquadra-se como pesquisa qualitativa e descritivo-reflexiva, pois além de descrever os fenômenos em seu contexto, visa analisar e interpretar a realidade a partir de uma postura mais crítica. As técnicas da pesquisa documental foram empregadas a fim de coletar os discursos normativos institucionais expressos no PDI, e para operação dos discursos dos docentes, entrevistas semiestruturadas em profundidade foram realizadas com oito professores atuantes nos cursos do IFSC. Para capturar, analisar e compreender os sentidos imbuídos nos discursos sobre educação emancipadora, lança-se mão de uma abordagem sistemática denominada ?abordagem Gioia? para tratamento dos dados discursivos coletados e para a realização da ADC nesses dados. As análises do corpus discursivo revelam que os sentidos de educação emancipatória dominantes no documento PDI estão centrados nos discursos de Atualização Identitária da Instituição e Eixos de Atuação e Impacto, um discurso que expressa, do ponto de vista normativo e informativo do PDI, tanto os meios de ação educacional quanto as formas de impacto regional-local que fundamentam e legitimam o sentido de educação emancipadora que o IFSC apresenta. Os discursos dos docentes entrevistados, por sua vez, indicam Deflexões entre o PDI e a Prática Pedagógica dos professores, bem como Múltiplos Sentidos de Educação Emancipatória. Ademais, as narrativas docentes sugerem a Imanência do Ensino Profissionalizante no âmbito do IFSC, em razão das dissimetrias em áreas e níveis de ensino e de uma percepção de regressão às origens tecnicistas das práticas político-educacionais. O conjunto discursivo indicou elaborações que limitam o sentido de educação emancipadora, divergindo, na sua essência, das concepções adornianas.Abstract: This dissertation explores the concept of emancipation, precisely the notion of emancipatory education, in the context of the Federal Institutes of Professional, Scientific and Technological Education (IFs). These institutions are currently inscribed in the so-called ?new institutionality?, which presumes the renewing and reformulation of the prevailing social order of the technical schools, hence centred on instrumental professionalisation for the labour market. Indeed, the goal of emancipation has frequently been popping up in several institutional discursive genres in the field of the IFs, such as official documents, teaching plans and curriculums, thus suggesting the assimilation of progressive and emancipatory discourses in the perspective of widened professionalisation. Focusing upon the reality of the Federal Institute of Professional, Scientific and Technological Education of Santa Catarina (IFSC), Florianópolis campus, this study critically analyses the meanings of emancipatory education imbued in the Institutional Development Plan (PDI) and teachers? narratives in the light of Adorno?s thoughts. Drawing on a theoretical framework based on Theodor W. Adorno and through permanent critical thinking, the study seeks to answer the following research problem: What are the meanings and discursive interrelations about emancipatory education imbued and produced in the PDI and teachers? discourses within the IFSC? Taking discourses as key elements to understanding the phenomenon under investigation and producing knowledge about the themes addressed here, this research epistemologically and methodologically adopts Critical Discourse Analysis (CDA), precisely Norman Fairclough?s dialectical-relational approach. CDA then represents a structural moment of the research design and is in line with the adopted critical realist ontological positioning. CDA starts from the premise that important aspects of social reality can be grasped, revealed and transformed through language/semiosis, insofar as discourses constitute a stratum of reality and a form of social action. To address the research problem this study adopts a qualitative and descriptive-reflexive approach, as besides describing the phenomenon in its context it aims at analysing and interpreting reality from a more critical viewpoint. Documentary research was employed in order to collect normative institutional discourses informed in the PDI; to explore teachers? discourses semistructured indepth interviews were conducted with eight academics who work in the IFSC. To gather, analyse and comprehend the meanings imbued in the discourses about emancipatory education a systematic approach called ?Gioia methodology? was used for discursive data processing and CDA application. Analysis of the discursive corpus shows that the dominant meanings around emancipatory education in the PDI document are centred on the discourses of Identity Update and Axes of Action and Impact, which expresses both the means of educational activities and forms of regional-local impact that substantiate and legitimise the meaning of emancipatory education that the IFSC produces from the PDI normative and informative perspective. Discourses of interviewed academics, on the other hand, indicate Deflections between the PDI and Pedagogical Practice as well as teachers? Multiple Meanings around Emancipatory Education. Furthermore, teachers? narratives suggest that there has been an Immanency of Professional Education within the IFSC, due to some asymmetries in areas and levels of teaching along with a perception of a return to technicist roots of educational and political practices. The collection of discourses points to formulations that narrow the meaning of emancipatory education, thus diverging in essence from Adorno?s conceptions.
Description: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica, Florianópolis, 2020.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/216736
Date: 2020


Files in this item

Files Size Format View
PECT0454-D.pdf 3.222Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account

Statistics

Compartilhar