Crescimento de larvas de jundiá (Rhamdia quelen, Quoy & Gaimard, 1824) alimentadas com microencapsulados de farinha de salmão

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Crescimento de larvas de jundiá (Rhamdia quelen, Quoy & Gaimard, 1824) alimentadas com microencapsulados de farinha de salmão

Mostrar registro completo

Título: Crescimento de larvas de jundiá (Rhamdia quelen, Quoy & Gaimard, 1824) alimentadas com microencapsulados de farinha de salmão
Autor: Bruno, Arthur Murilo da Silva Sousa
Resumo: O objetivo do presente trabalho é avaliar a taxa de crescimento, o ganho de peso e a sobrevivência de larvas de jundiá alimentadas ao tradicional uso de naúplio de Artemia sp. e coalimentá-las com microencapsulado de farinha de salmão de modo isolado, combinado ou alternadamente. As unidades experimentais foram compostas por 21 recipientes plásticos e volume útil de 10 litros. A densidade foi de 20 larvas/L, totalizando 200 larvas por unidade experimental. O trabalho foi dividido em dois experimentos conduzidos simultaneamente. O experimento 1 teve duração de 72 horas e o delineamento experimental foi inteiramente casualizado com dois tratamentos e três repetições: tratamento ?a? (Ta) alimentados com MFS e tratamento ?b? (Tb), alimentados com náuplios de Artemia sp. O experimento 2 teve duração de 168 horas e o delineamento experimental foi inteiramente casualizado com cinco tratamentos e três repetições: fornecimento contínuo de microencapsulado de alginato de sódio (MAS); fornecimento contínuo de microencapsulado de farinha de salmão (MFS); fornecimento de MFS nas primeiras 72h e posterior substituição por náuplios de Artemia sp. (MFS?ART); fornecimento contínuo de náuplios de Artemia sp. (ART); fornecimento contínuo de MFS e de naúplios de Artemia sp. (MFS+ART). As Larvas alimentadas com MFS (Ta) apresentaram redução no peso e no comprimento (p<0,05), quando comparadas com aquelas alimentadas com ART (Tb). O microencapsulado (MFS), embora possua um alto nível proteico, não foi suficiente para que isoladamente promovesse um bom desenvolvimento das larvas. Aparentemente, as larvas perdem o interesse pela dieta MFS a partir do quarto dia de alimentação exógena. Em contrapartida a combinação de MFS + ART ofertada por sete dias apresentou os melhores resultados com peso médio de 14 mg e comprimento de 10,1 mm. Os resultados desse estudo abrem novas perspectivas para pesquisas futuras sobre a adequação nutricional das microdietas para larvas de peixes.<br>Abstract : The objective of this study is evaluate the rate of growth, weight gain and survival of silver catfish larvae fed the traditional use of nauplius of Artemia sp. and co-feeding with salmon flour microencapsulated in isolation, combined or alternately. The experimental units were composed of 21 plastic containers and useful volume of 10 liters. The density was 20 larvae / L, a total of 200 larvae each. The work was divided into two experiments conducted simultaneously. Experiment 1 lasted 72 hours and the experimental design was completely randomized with two treatments and three repetitions: treatment "a" (Ta) fed MFS and treatment "b" (Tb) fed Artemia sp. The experiment 2 lasted 168 hours and the experimental design was completely randomized with five treatments and three repetitions: continuous supply of microencapsulated sodium alginate (MAS); continuous supply of salmon flour microencapsulated (SFM); supply of SFM in the first 72 hours and subsequent replacement by Artemia sp. (MFS ? ART); continuous supply of Artemia sp. (ART); continuous supply of MFS and Artemia sp. (MFS + ART). The larvae fed with SFM (Ta) showed reduction in weight and length (p <0.05) when compared with those fed with ART (Tb). The microencapsulated (MFS), has a high protein level but was not enough that alone promote good development of the larvae. Apparently, the larvae lose interest in MFS diet from the fourth day feeding period. In contrast the combination of MFS + ART offered for seven days showed the best results with an average weight of 14 mg and length of 10.1 mm. The study results open new perspectives for future research on the nutritional adequacy of microdiets for fish larvae.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2016.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/174697
Data: 2016


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
344835.pdf 1.320Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar