Identificação de neomacho de Jundiá Rhamdia quelen (Quoy e Gaimard, 1824) através do teste de progênie

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Identificação de neomacho de Jundiá Rhamdia quelen (Quoy e Gaimard, 1824) através do teste de progênie

Mostrar registro completo

Título: Identificação de neomacho de Jundiá Rhamdia quelen (Quoy e Gaimard, 1824) através do teste de progênie
Autor: Borges, Bruno Augusto Amato
Resumo: O objetivo deste estudo foi identificar neomachos de Rhamdia quelen através de teste de progênie. Esse é um método indireto para a produção de lotes monosexo, que evita a aplicação de hormônio nos peixes destinados ao consumo humano, uma vez que o esperado no cruzamento entre neomachos e fêmeas normais são proles 100% femininas. Para os testes de progênie, machos fenotípicos cultivados por oito meses foram selecionados de um lote submetido à masculinização por ingestão de 17α-metil-testosterona (MT) incorporado na ração na dose de 60mg/kg. Cinco machos foram cruzados com um “pool” de ovos de três fêmeas normais e as proles resultantes de cada cruzamento foram cultivadas por 150 dias para que a sexagem das gônadas pudesse ser realizada através da técnica do imprint. O teste do qui-quadrado evidenciou que um macho originou prole com maior proporção sexual de fêmeas (P<0,05), sendo 75,56%. Apesar de não serem proles 100% femininas, existe um forte indício de que este macho seja neomacho, porque a proporção sexual das demais proles apresentou maior presença de machos ou foi balanceada (1:1).
Descrição: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Agrárias. Curso de Engenharia de Aquicultura.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/160475
Data: 2015-11-30


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
BRUNO AUGUSTO AMATO BORGES.pdf 737.3Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar