Relação entre perfil de agravos à saúde de trabalhadores e clima de segurança no trabalho

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Relação entre perfil de agravos à saúde de trabalhadores e clima de segurança no trabalho

Mostrar registro completo

Título: Relação entre perfil de agravos à saúde de trabalhadores e clima de segurança no trabalho
Autor: Zavareze, Taís Evangelho
Resumo: Este estudo teve como objetivo principal compreender a relação entre perfil de agravos à saúde de trabalhadores e o clima de segurança no trabalho. A pesquisa foi realizada com 119 trabalhadores de duas empresas do ramo de água mineral localizadas no sul do Brasil. Contou-se com participantes do sexo masculino e feminino, alfabetizados, maiores de 18 anos, que apresentaram vínculo empregatício com a organização e demonstraram disponibilidade em participar. Para coleta de dados foi utilizada a Escala de Clima de Segurança no Trabalho (CLIMA-ST) a fim de examinar a percepção de segurança dos trabalhadores em relação ao comprometimento da empresa, recursos e estratégias de segurança, comprometimento dos colegas e comprometimento pessoal. A CLIMA-ST também captou as informações sociodemográficas (sexo, idade, escolaridade) e ocupacionais (cargo ocupado na empresa, tempo de serviço, tempo na função, horas de trabalho por dia, ocorrência de acidente). Os agravos à saúde nesta pesquisa foram constituídos pelos quadros clínicos baseados na Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados á Saúde (CID-10). Para coleta dos dados referentes aos agravos foram analisados os atestados de adoecimento dos trabalhadores que responderam a CLIMA-ST a fim de retirar a classificação diagnóstica do CID-10. Os resultados das respostas nas dimensões da CLIMA-ST foram cruzados por meio do Pacote Estatístico para as Ciências Sociais (SPSS) com os atestados dos trabalhadores. Além disso, os itens da CLIMA-ST foram analisados separadamente para verificar a relação como os atestados. Os resultados apontam como agravos mais frequentes nas duas empresas as lesões e algumas consequências externas, os sintomas, sinais e achados anormais de exames clínicos, as doenças do sistema osteomuscular e do tecido conjuntivo, doenças respiratórias e doenças do aparelho digestivo e do abdômen. Os agravos foram significativos em relação ao tempo de serviço na organização nas dimensões recursos e estratégias de segurança e comprometimento da empresa. A maioria das dimensões não apresentaram significância entre a CLIMA-ST e agravos à saúde. Na comparação de itens da CLIMA-ST com agravos e afastamentos realizada nesta pesquisa foram encontradas relações significativas nos itens: 3) A empresa consulta os trabalhadores para sugerirem melhoria nos equipamentos de proteção individual, 4) Meu chefe pede para eu trabalhar mais depressa, mesmo sabendo que isso diminui a minha segurança, 9) Meus colegas de trabalho seguem as regras e procedimentos de segurança, 20) Meu chefe apoia o cumprimento das normas de segurança, 31) Desobedeço a sinalização de segurança da empresa (faixas, cartazes, placas, demarcações de pisos, etc). Os itens significativos demonstram a percepção dos trabalhadores sobre a preocupação e o comportamento da empresa frente às necessidades e recursos de segurança, o que pensam sobre os colegas e o seu comprometimento individual representado pelos seus comportamentos.<br>Abstract : This study aimed to understand the relationship between profile of health problems for workers and the security environment at work. The survey was conducted with 119 workers of two companies in the mineral water sector located in southern Brazil. Counted with participants from male and female, literate, over 18 years, with employment with the organization and demonstrated willingness to participate. For data collection was used Safety Climate Scale at Work (CLIMA-ST) to examine the perception of safety of workers in relation to the commitment of the company, resources and security strategies, involvement of colleagues and personal commitment. CLIMA-ST A also captured sociodemographic information (sex, age, education) and occupational (position held in the company, length of service, time on the job, working hours per day, occurrence of accident). The health problems in this research consisted of the clinical pictures based on the International Statistical Classification of Diseases and Related Health Problems (CID-10). To collect the data on injuries were analyzed illness certificates of workers who answered CLIMA-ST to remove the diagnostic classification of CID-10. The results of the responses in the dimensions of CLIMA-ST were crossed using the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) with certificates of workers. In addition, the items CLIMA-ST were analyzed separately to investigate the relationship as the certificates. The results indicate that the most common diseases in the two companies injuries and some external effects, symptoms, signs and abnormal clinical examination, diseases of the musculoskeletal system and connective tissue, respiratory diseases and diseases of the digestive system and abdomen. The injuries were significant in relation to length of service in the organization in the dimensions resources and security strategies and the company's commitment. Most dimensions were not significant between the CLIMA-ST and health problems. In comparison CLIMA-ST items with injuries and absences performed in this study significant relationships were found in the items: 3) The company consults with employees to suggest improvements in personal protective equipment, 4) My boss asks me to work faster, even knowing that it decreases my safety, 9) my co-workers follow the rules and safety procedures, 20) my boss supports compliance with safety standards, 31) disobey safety signs the company (banners, posters, signs, demarcations floors, etc.). Significant items demonstrate the perception of the workers about the concern and the front company behavior needs and security features, what they think about your colleagues and your individual commitment represented by their actions.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Florianópolis, 2015.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/135262
Data: 2015


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
334783.pdf 1.975Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar