Mosquitos (Diptera: Culicidae) de área de Mata Atlântica em dois estádios sucessionais na Ilha de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Mosquitos (Diptera: Culicidae) de área de Mata Atlântica em dois estádios sucessionais na Ilha de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil

Mostrar registro completo

Título: Mosquitos (Diptera: Culicidae) de área de Mata Atlântica em dois estádios sucessionais na Ilha de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil
Autor: Reis, Mariana
Resumo: Foram feitas doze coletas de mosquitos em dois locais com diferentes graus de preservação de Floresta Ombrófila Densa (capoeirinha e capoeirão) na Unidade de Conservação Ambiental Desterro (UCAD), no período de março de 2010 a fevereiro de 2011. As coletas foram vespertinas, com início às 13h e término às 18h. Os mosquitos que pousavam na armadilha Shannon ou tentavam picar os coletores foram capturados e levados ao Laboratório de Entomologia Médica do Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia (MIP) da UFSC para a identificação específica. Os mosquitos foram separados em lotes de 30 minutos e variáveis como temperatura, velocidade do vento e umidade relativa do ar foram medidas e anotadas para posterior análise. Foram coletados 1458 mosquitos, sendo que 600 eram da capoeirinha e 858 do capoeirão. As espécies mais abundantes da capoeirinha foram Ochlerotatus scapularis (Rondani 1848), Wyeomyia incaudata (Root 1928) e Wy. pallidoventer (Theobald 1907) enquanto que as espécies mais abundantes do capoeirão foram Sabethes purpureus (Theobald 1907), Wy. confusa (Lutz 1905) e Wy. incaudata. Quanto às variáveis ambientais, a abundância de Culicidae foi positivamente correlacionada com a umidade e negativamente correlacionada com a velocidade do vento. Para as cinco espécies mais abundantes foi feita uma análise mais completa, sendo que apresentaram diferenças significativas: Wy. pallidoventer para o local de coleta; Wy. theobaldi (Lane & Cerqueira 1942) para as estações; e Sa. purpureus para local de coleta e estações.Between March 2010 and February 2011 mosquitoes were collected during twelve visits to the Unidade de Conservação Ambiental Desterro (UCAD) in two Atlantic Forest areas, with two different degrees of preservation (capoerinha and capoeirão). The fieldwork was carried out in the afternoons, starting at 01:00 PM and ending at 06:00 PM. Mosquitoes landing on a Shannon trap or attempting to bite a collector were seized and placed into clusters spaced apart by 30 minutes. Later they were taken to the Laboratório de Entomologia Médica of the Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia (MIP) at UFSC, to be properly identified. Variables such as temperature, wind speed and air relative humidity were registered for a further analysis as well. In total 1458 mosquitoes were collected, of which 600 came from capoeirinha and 858 from capoeirão. The most abundant species in capoeirinha were Ochlerotatus scapularis (Rondani 1848), Wyeomyia incaudata (Root 1928) and Wy. pallidoventer (Theobald 1907), whereas in capoeirão were Sabethes purpureus (Theobald 1907), Wy. confusa (Lutz 1905) and Wy. incaudata. Regarding environment variables, the abundance of Culicidae was positively correlated with air humidity and negatively correlated with wind speed. For the 5 most abundant species a thorough analysis was carried out, with considerable abundance differences: Wy. pallidoventer with the area, Wy. theobaldi (Lane & Cerqueira 1942) with the seasons, and Sa. purpureus with the area and seasons.
Descrição: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Biologia.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/132592
Data: 2011-12


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
TCCMarianaReisBIOUFSC-11-2.pdf 1.692Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar