Responsabilidade social como elemento de vantagem competitiva: caso Tigre S.A.

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Responsabilidade social como elemento de vantagem competitiva: caso Tigre S.A.

Mostrar registro completo

Título: Responsabilidade social como elemento de vantagem competitiva: caso Tigre S.A.
Autor: Nascimento, Taline Roberta
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo analisar a responsabilidade social como elemento de vantagem competitiva, fazendo um estudo de caso da Tigre S.A., empresa situada em Joinville, SC. 0 trabalho contempla inicialmente conceituações de responsabilidade social, ética, gestão ambiental, trabalho voluntário e estratégia competitiva, trazendo alguns exemplos práticos de empresas que estão incorporando praticas de responsabilidade social. Nesta etapa também são mostrados dois indicadores de responsabilidade social: o balanço social e a norma SA 8000. Estes indicadores são disponibilizados ao mercado, para orientar e motivar os empresários a adotarem práticas e implementarem programas de responsabilidade social. Na seqüência são descritos os procedimentos metodológicos adotados neste trabalho. 0 presente trabalho refere-se a um estudo de abordagem qualitativa que utilizou a pesquisa exploratória e descritiva para o alcance de sua finalidade e a pesquisa bibliográfica e o estudo de caso como meios de investigação. Quanto a coleta de dados pode-se dizer que este foi realizado através de fontes primárias e secundárias. Para a coleta de dados primários foi utilizado o método de entrevista estruturada na organização objeto desse estudo. Já para a coleta de dados secundários foram utilizados documentos, livros, revistas especializadas, relatórios da empresa, entre outros. Conclui mostrando que o conceito de responsabilidade social está cada vez mais incorporando novos atributos, deixando de significar apenas o cumprimento das prescrições legais, passando também a dar importância à conduta ética e responsável das organizações na plenitude de suas redes de relações, além do governo e meio ambiente. Conclui também que o interesse da maioria das organizações ao adotarem práticas sociais responsáveis é o lucro decorrente dessa ação, mas mesmo assim todos que se relacionam com ela só terão a se beneficiar com essa mudança de postura. E fundamental que as empresas assumam compromissos e responsabilidades em urna nova dimensão, que vai muito além do enfoque puramente financeiro, agregando novos valores empresariais que consideram a vida social e a conduta ética das empresas, pois assim seá mais fácil delas obterem a vantagem competitiva. Finalmente cabe destacar que, a construção e manutenção da responsabilidade social é um constante desafio para as pessoas e as organizações de produção.
Descrição: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Administração.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/129850
Data: 2004


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
Adm295190.pdf 1013.Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar