Caracterização de nanocompósitos com propriedades líquido-cristalinas para aplicações em dispositivos optoeletrônicos

DSpace Repository

A- A A+

Caracterização de nanocompósitos com propriedades líquido-cristalinas para aplicações em dispositivos optoeletrônicos

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Eccher, Juliana
dc.contributor.author Carneiro, Giovanna Tramontin
dc.contributor.other Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica da UFSC
dc.date.accessioned 2020-08-19T14:14:43Z
dc.date.available 2020-08-19T14:14:43Z
dc.date.issued 2020-08-18
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/210300
dc.description Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica. Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. pt_BR
dc.description.abstract Cristais líquidos colunares (CLCols) têm sido muito estudados nas últimas décadas para aplicações em eletrônica orgânica. Sua auto-organização, a possibilidade de alinhamento das estruturas colunares de forma controlada, gerando elevada mobilidade dos portadores de carga ao longo da direção das colunas, e a facilidade para processamento em solução são algumas das vantagens que os tornam semicondutores orgânicos promissores. Compósitos ternários de óxido de grafeno(GO)/MnO2/polianilina (Pani) tem sido preparados e caracterizados para aplicações em dispositivos, tais como supercapacitores eletroquímicos. Nesse último ano de desenvolvimento do trabalho, o CLCol 3,4,9,10-perileno-tetracarboxílico dianidrido (denominado de H1), o qual apresenta uma mesofase colunar hexagonal a temperatura ambiente e alto rendimento quântico de emissão, foi dopado com o compósito ternário óxido de GO/MnO2/Pani (chamado de PMGO) a fim de investigar o potencial de aplicação em dispositivos eletrônicos orgânicos. As propriedades ópticas dos nanocompósitos com diferentes concentrações de PMGO foram caracterizadas em solução e em filmes finos hidrofilizados através de espectroscopia UV-Vis e espectroscopia de fluorescência. Medidas de calorimetria diferencial de varredura (DSC) e microscopia óptica de luz polarizada (MOLP) foram importantes para investigar o comportamento líquido-cristalino do composto H1 dopado, e a morfologia dos filmes foi analisada usando um microscópio de força atômica (AFM). pt_BR
dc.format.extent Vídeo pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Florianópolis, SC pt_BR
dc.rights Open Access
dc.subject Física pt_BR
dc.subject eletrônica orgânica pt_BR
dc.subject cristal líquido pt_BR
dc.subject dispositivos eletrônicos orgânicos pt_BR
dc.subject GO/MnO2/pani pt_BR
dc.title Caracterização de nanocompósitos com propriedades líquido-cristalinas para aplicações em dispositivos optoeletrônicos pt_BR
dc.type Video pt_BR


Files in this item

Files Size Format View
VIDEOICAGORAFOIMESMOSERIO.mp4 69.88Mb MPEG-4 video View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar