Ensino de química e contribuições para a prevenção ao uso indevido de drogas na comunidade escolar

DSpace Repository

A- A A+

Ensino de química e contribuições para a prevenção ao uso indevido de drogas na comunidade escolar

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Yunes, Santiago Francisco
dc.contributor.author Silva, Jorge Luiz Barbosa da
dc.date.accessioned 2020-02-18T14:02:49Z
dc.date.available 2020-02-18T14:02:49Z
dc.date.issued 2020-02-17
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/204258
dc.description TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Curso de Química. pt_BR
dc.description.abstract Como trabalho de conclusão de curso de formação de professores de química deseja-se trazer aqui contribuições a professores e acadêmicos, sobre como os conhecimentos científicos, seus conceitos, práticas e modos de fazer da ciência química (“expertise”) podem não só ajudar na consolidação da educação científica e tecnológica bem como ampliar o repertório vivencial possível de ser utilizados pelos mais variados sujeitos e situações, para coisas úteis e importantes que vão desde a compreensão dos efeitos da queima de combustíveis fósseis e geração de gases do efeito estufa e portanto a relação direta com mudanças climáticas, até o entendimento sobre calorias, alimentos e relações termoquímicas da produção e consumo de energia passando pelo uso de catalisadores, equilíbrios moleculares e iônicos na circulação marítimas e/o na correção da acidez no tratamento da piscina e/ou o entendimento sobre as vantagens do uso de certas baterias sobre pilhas e como descarta-las de forma adequada, ou ainda relacionar altitude com pressão, umidade relativa do ar e efeito de abafamento, pressão de vapor e porque a evaporação é mais efetiva em certas condições e não em outras e/ou simplesmente compreender porque o sal jogado nas pistas cobertas com camadas de neve alteram as propriedades do gelo ou ainda porque desidratar, conservar, produzir leite em pó ou café solúvel ou compreender que a produção de energia em reatores atômicos é uma solução que gera resíduo que durarão dezenas e/ou centenas de anos e que podem impactar o meio ambiente. E, nessa condição de Professor de química trouxe para o conjunto de conteúdos de química do segundo ano do ensino médio que, como eixo unificador e estruturante pode acolher outras demandas/preocupações além daquelas especificamente do aprendizado da química, demandas trazidas tanto pelos alunos quanto por especialistas na área de prevenção escolar (drogas e violências). Exercitar a articulação entre demandas e conteúdos conceituais com os atitudinais e com os procedimentais a partir do eixo estruturante da química como por exemplo, o uso de drogas e a violência e dessa forma contribuir para o bom encaminhamento dessas questões foi um grande desafio. Ao apoiar suas decisões nos saberes científicos, os seres humanos têm aprendido ao longo do tempo, a evitar e/ou reduzir desgastes desnecessários e/ou opções minimamente danosas. A ciência química e suas práticas tem-se posto à disposição como suporte técnico para indivíduos e coletividades. Assim, esse trabalho de finalização de etapa acadêmica, é baseado na pesquisa-ação com alunos de duas turmas de segundo ano do ensino médio de escola da rede pública de ensino no município de São José. Nesse ambiente escolar, experimentou-se por um ano letivo inteiro, utilizar-se dos saberes científicos da química e das interlocuções com outros saberes, no sentido de favorecer na tomada de decisão em problemas drogas e violências relacionadas na perspectiva de uma vida saudável e sem o uso de drogas. A ciência química não trouxe só contribuições visando melhor esclarecer dados sobre a composição e/ou ações de certas substâncias ou compostos sobre o ser humano, mas também, com a ajuda de suas coirmãs (bioquímica e farmacologia), ampliar a discussão tornando-a mais prática e acessível. Os alunos, ao serem questionados sobre expectativas acerca da Disciplina Química, solicitaram que houvesse por parte do Professor, além de trazer os conhecimentos científicos historicamente construídos e apresentados no plano de ensino, pudesse trazer também contribuições desse componente curricular para outras preocupações e demandas deles e, assim foi feito. Trazer contribuições de caráter prático, além dos conteúdos químicos a Disciplina poderia oferecer, segundo o levantamento das expectativas dos alunos com uma sequencia de atividades experimentais que dessem suporte ao conteúdo teórico, mas além delas, que permitisse uma integração da Disciplina nos projetos que a Escola já oferecia regularmente, capitaneado por esses professores tais como: Feira de Ciências, Feira de Talentos, Amostra cultural e o Dia da Família na Escola (oportunidades especiais para desenvolvimento de projetos/ações que atendessem aos objetivos da Disciplina e do Projeto de prevenção). Fazer interlocuções entre os conteúdos de química, as expectativas e demandas dos alunos e as datas específicas do calendário escolar foi uma preocupação constante tanto no planejamento quanto na execução. Assim, o projeto de prevenção ao ser desenvolvido ao longo do ano letivo, se constituiu como um conjunto de ações complementares baseadas em metodologias ativas e se mostraram muito eficaz, o que permitiu que os participantes (alunos, professores e especialistas) identificassem evidencias daquilo que pretendiam resultando em um ambiente escolar mais tranquilo e sem ocorrências de violências e/ou uso de drogas. Vários aprendizados se destacaram entre eles o autocuidado e o cuidado coletivo, preocupação e práticas de consumo consciente, a cooperação na resolução de problemas acadêmicos, o uso de estratégias de mediação para solucionar conflitos aprendidos em oficinas específicas, e expressões e comportamentos identificados sobre a valorização da vida, a integridade física e emocional. Seminários, saídas de campo, visitas à centros terapêuticos, aprendizado entre os pares, rodas de conversas, palestras e oficinas desenvolvidas por Professores da própria escola e de Profissionais convidados, destacaram como recursos exitosos, na fala dos próprios alunos e dos demais participantes quando de suas avaliações.Registros, leituras e reflexões a partir do “diário de campo” e do “bloco de anotações” ajudaram na correção e nos ajustes necessários ao longo de toda a caminhada o que favoreceu no envolvimento cada vez maior e mais ativo dos participantes. Resultados autodeclarados via uso de questionários de expectativas e de autoavaliação (início e no fim do processo), além da “analise 360º” realizada o fim do processo evidenciaram percepções de mudanças na forma de pensar e de se comportar frente às situações de conflitos dentro e fora de sala, de cuidados e autocuidados particularmente em situações de exposição às drogas e/ou violências conferindo a eles, segundo suas próprias narrativas “a pensar e agir com mais cautela focando naquilo que é essencial: os seus propósitos de vida e suas futuras realizações”. Registros dos alunos relativos ao quanto puderam aprender os saberes e conhecimentos científicos da química - expresso aqui como conteúdos de química ao mesmo tempo em que, puderam refletir, discutir e vivenciar experiências diferentes “com temas tão variados e tão importantes para as suas vidas pessoal e social, indo de drogas à mudanças climáticas abrirão seus horizontes e deu mais condição de encarar esses desafios”, puderam reafirmar que valeu todo o trabalho.. pt_BR
dc.format.extent 64 f. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Florianópolis, SC pt_BR
dc.rights Open Access en
dc.subject ensino de química pt_BR
dc.subject metodologias ativas pt_BR
dc.subject prevenção às drogas pt_BR
dc.title Ensino de química e contribuições para a prevenção ao uso indevido de drogas na comunidade escolar pt_BR
dc.type TCCgrad pt_BR
dc.contributor.advisor-co Gesser, José Carlos


Files in this item

Files Size Format View
TCC.pdf 3.067Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar