Análise de primers universais na identificação de espécies em camarões processados comercializados em Santa Catarina

DSpace Repository

A- A A+

Análise de primers universais na identificação de espécies em camarões processados comercializados em Santa Catarina

Show full item record

Title: Análise de primers universais na identificação de espécies em camarões processados comercializados em Santa Catarina
Author: Pinheiro, Iara Carolini
Abstract: O consumo de pescados vem crescendo nos últimos anos no Brasil e, entre os grupos comercializados, o camarão é o mais consumido. A carcinicultura vem ganhando destaque nacional, sendo que Santa Catarina é o estado com maior produção de camarão da região Sul. O camarão é comercializado em mercados e peixarias de Santa Catarina tanto na forma congelada, como in natura, e são vendidos inteiros ou processados em bandejas. Ainda que o produto não esteja processado, o reconhecimento da espécie é difícil para uma pessoa leiga. A identificação molecular por DNA tem se mostrado eficiente no reconhecimento correto das espécies. A técnica DNA barcoding surge como uma alternativa eficaz. O método foi proposto em 2003 e visa avaliar uma região gênica mitocondrial que possui pouca variação entre indivíduos da mesma espécie e grande variabilidade entre indivíduos de espécies diferentes. A identificação adequada ajuda a preservar a biodiversidade, além de evitar fraudes combatendo a comercialização ilegal de espécies que estão no período de defeso. Para este trabalho foram adquiridas 5 (cinco) bandejas de camarão congelado para análise. O N amostral foi realizado com base no tamanho dos camarões presentes nas bandejas. Ao total, foram selecionadas 26 (vinte e seis) amostras para identificação. A extração de DNA foi realizada com protocolo baseado no princípio salting out. O DNA extraído foi submetido à técnica de PCR (Polymerase chain reaction), utilizando o par de primers universal para invertebrados, LCO1490 e HCO2198. Após a amplificação das amostras, o resultado foi visualizado em gel de agarose 1%. As amostras amplificadas, foram sequenciadas e as sequências resultantes comparadas com o banco de dados BOLD, a fim de realizar a identificação das amostras corretamente. Foram aceitos os resultados com similaridade acima de 98%. Das 26 (vinte e seis) amostras, foram obtidos sequências de apenas 7 (sete), sendo que dessas, apenas 6 (seis) deram compatibilidade com espécies presentes no banco de dados. Os primers LCO1490 e HCO2198 não se mostraram eficientes na identificação genética de camarões. Além da identificação molecular, foram analisados os rótulos das embalagens, verificando se as informações seguiam as normas da ANVISA e se a nomenclatura presente correspondia com a encontrada na identificação genética. As 5 (cinco) bandejas analisadas apresentavam as informações obrigatórios previstas por Lei. Em relação a nomenclatura dos rótulos, foi encontrado erro em 3 (três) bandejas, apontando para a necessidade de fiscalização nos rótulos de camarões comercializado. Apesar da ineficiência dos primers, estudos como este são importantes para definir o que é eficiente, ou não, para que a aplicação forense em conservação seja rápida e confiável.
Description: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Biologia.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/204031
Date: 16-12-20


Files in this item

Files Size Format View Description
Iara_Pinheiro___TCC (1).pdf 1.666Mb PDF View/Open Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar