Taxa de prenhez em fêmeas de corte submetidas à IATF e sua relação com condição corporal

DSpace Repository

A- A A+

Taxa de prenhez em fêmeas de corte submetidas à IATF e sua relação com condição corporal

Show full item record

Title: Taxa de prenhez em fêmeas de corte submetidas à IATF e sua relação com condição corporal
Author: Sousa, Mariana Vieira
Abstract: Objetivou-se analisar a condição corporal de novilhas e vacas na região Planalto Serrano, precisamente Urupema e Lages, após utilização de IATF comparando ao diagnóstico de gestação com associação do manejo nutricional oferecido durante o ano todo. O estudo abrangeu um total de 524 fêmeas de diferentes raças, em 10 propriedades, todas utilizavam o Campo Nativo melhorado, com utilização de roçadeira deixando o campo baixo e logo em seguida plantio direto de forrageiras de inverno. Observou-se uma taxa de prenhez dos animais do estudo de 83,40%. As raças britânicas Angus, Devon e a cruza das duas foram as mais utilizadas, também apresentaram maior taxas de prenhez em fêmeas com as condições adequadas. Observou-se também que 88 novilhas ficaram prenhez, sendo que 80 estavam em condição corporal adequada, resultando em uma taxa de prenhez de 77%. Concluiuse que escore de condição corporal interfere na probabilidade de prenhez de fêmeas de qualquer raça, e animais com escore de condição corporal adequada demonstraram maiores taxas de prenhez na utilização de inseminação artificial em tempo fixo, IATF.The objective of this study was to analyze the body condition of heifers and cows in the Planalto Serrano region, specifically Urupema and Lages, after the use of IATF compared to the pregnancy diagnosis with the association of nutritional management offered throughout the year. The study covered a total of 524 females of different races, in 10 properties, all using the improved native field, using a brushcutter leaving the field low and then directly planting winter forages. A study animal pregnancy rate of 83.40% was observed. The British breeds Angus, Devon and the cross of the two were the most used, also showed higher pregnancy rates in females with the appropriate conditions. It was also observed that 88 heifers were pregnant, and 80 were in adequate body condition, resulting in a pregnancy rate of 77%. It was concluded that body condition score interferes with the probability of pregnancy of females of any race, and animals with adequate body condition score showed higher pregnancy rates in the use of fixedtime artificial insemination, IATF.
Description: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Campus Curitibanos. Medicina Veterinária.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/203075
Date: 25-11-19


Files in this item

Files Size Format View Description
TCC - Mariana Vieira Sousa 2019.pdf 955.9Kb PDF View/Open TCC

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar