Avaliação da Vulnerabilidade à Eutrofização do Reservatório da Usina Hidrelétrica Itá – RS/SC.

DSpace Repository

A- A A+

Avaliação da Vulnerabilidade à Eutrofização do Reservatório da Usina Hidrelétrica Itá – RS/SC.

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Chaffe, Pedro Luiz Borges
dc.contributor.author Arcari, Amanda de Liz
dc.date.accessioned 2019-05-02T12:09:27Z
dc.date.available 2019-05-02T12:09:27Z
dc.date.issued 2018-06-29
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/195591
dc.description TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnológico. Engenharia Sanitária e Ambiental. pt_BR
dc.description.abstract A construção de reservatórios para fins de armazenamento de água é uma atividade que tem grandes interferências no ciclo de nutrientes, o que pode ter influências no processo de eutrofização. A Usina Hidrelétrica Itá, com um reservatório de 5.100 hm³ e profundidade média de 36 m na divisa entre os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, foi o primeiro aproveitamento hidrelétrico estabelecido no rio Uruguai, no ano de 2000. O objetivo deste trabalho foi avaliar a vulnerabilidade à eutrofização do reservatório da Usina Hidrelétrica de Itá considerando indicadores de exposição e indicadores de sensibilidade do reservatório. Na análise foram considerados 7 indicadores representativos dos processos de erosão, aporte de nutrientes e hidrodinâmica do reservatório, que permitiram classificar a exposição e a sensibilidade das sub-bacias e do reservatório aos referidos processos. Por fim, combinando estes resultados, foi possível classificar o reservatório quanto a sua vulnerabilidade à eutrofização. Os resultados apontaram média exposição à erosão para as sub-bacias incrementais contribuintes, alta exposição do reservatório ao aporte de nutrientes e média sensibilidade quanto a sua hidrodinâmica, resultando em média vulnerabilidade à eutrofização para o reservatório da UHE Itá. Ademais, foi verificado através do balanço de fósforo que há retenção pelo reservatório de aproximadamente 28% da massa do nutriente. Considerando o Índice de Estado Trófico e a concentração de fósforo, a sub-bacia do lageado Queimado foi apontada como prioritária para emprego de ações com vistas a redução do aporte de nutrientes e mitigação dos possíveis efeitos da eutrofização. As principais ações sugeridas referem-se a melhorias nos sistemas de esgotamento sanitário e de drenagem urbana e aplicação de técnicas de manejo do solo que reduzam a lixiviação de fósforo nas áreas agrícolas. pt_BR
dc.format.extent 101 f. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Florianópolis, SC. pt_BR
dc.subject Vulnerabilidade ambiental; Reservatório; Eutrofização. pt_BR
dc.title Avaliação da Vulnerabilidade à Eutrofização do Reservatório da Usina Hidrelétrica Itá – RS/SC. pt_BR
dc.type TCCgrad pt_BR


Files in this item

Files Size Format View
TCC Amanda Arcari.pdf 3.661Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar