O lugar do Brasil na diplomacia científica de Israel

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

O lugar do Brasil na diplomacia científica de Israel

Mostrar registro completo

Título: O lugar do Brasil na diplomacia científica de Israel
Autor: da Silva, Lucas de Oliveira
Resumo: O presente trabalho almeja entender o lugar que o Brasil ocupa na diplomacia científica de Israel, compreendendo a evolução da trajetória das relações, dos propósitos e dos atores envolvidos. Os conceitos e objetivos da diplomacia científica são baseados na literatura teórica sobre o tema, complementada pelo estudo da política Externa e do sistema nacional de inovação. Em seguida, são identificados os principais atores, áreas e objetivos da diplomacia científica de Israel, tanto por meio de artigos como fontes primárias. Por fim, são apresentadas as relações históricas entre Brasil e Israel, divididas em três períodos (1948-1973; 1973-2003; 2003-2016). Para cada período, por meio da análise da celebração de acordos bilaterais em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), são apresentados os principais atores, áreas e objetivos envolvidos, sendo feita também a relação dos acordos com as visitas oficiais e o perfil do relacionamento diplomático entre os países. Informações dos acordos baseiam-se primariamente na base de dados do Ministério de Relações Exteriores (MRE) do Brasil, a Concórdia. A pesquisa obteve os seguintes resultados: no período entre 1949-1973, destacou-se a diplomacia científica com objetivos políticos e de desenvolvimento social e econômico, através da cooperação científica e tecnológica no âmbito agrícola, realizada pela Agência Israelense de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (MASHAV); a assinatura de atos não coincidiu, na maioria das vezes, com as visitas oficiais. Em 1973, verificou-se a interrupção da assinatura de atos bilaterais, perdurando até 2007. O fenômeno foi atribuído à aproximação da política externa brasileira aos países árabes, que levou à criação de antagonismo com Israel, e à percebida ineficiência, por parte de Israel, quanto ao papel político do MASHAV, em razão de acontecimentos resultantes da Guerra do Yom Kippur. O período de 2003 a 2016, durante os governos do Partido dos Trabalhadores, registrou novo aprofundamento econômico e político brasileiro com países árabes e muçulmanos, resultando em incidentes pontuais com Israel. Não obstante, atos bilaterais voltaram a ser assinados, sendo um deles para a área de cooperação em pesquisa e desenvolvimento no setor industrial privado, com finalidades nominalmente econômicas, sob tutela do órgão Autoridade Israelense de Inovação. Verificou-se a participação predominante, em um desses programas, de empresas brasileiras e israelenses relacionadas ao setor de defesa e ao exército brasileiro. A assinatura de um dos atos do período coincidiu não apenas com uma visita oficial, mas também a um período em que as relações entre Brasil e Israel registravam atrito devido à aproximação do primeiro ao Irã. Em suma, o uso de agências de desenvolvimento já não constitui papel tão importante na diplomacia científica de Israel para com o Brasil como outrora. Atualmente, há um predomínio de empresas israelenses cooperando com brasileiras, o que atesta a emergência de propósitos econômicos para além dos tradicionais objetivos de segurança da diplomacia científica do país.This paper aims to understand the place destinated to Brazil in Israel´s science diplomacy, while dealing with the evolution of bilateral relations,purposes and actors envolved. Main concepts and objectives of science diplomacy are based on its theoretical literature, complemented by the study of foreign policy and national innovation systems.Following up, the main actors,objectives and focus areas of Israel science diplomacy are identified by the use of articles and primary sources. Lastly, Brazil-Israel historical relations are presented and divided in three periods (1948-1973;1973-2003;2003-2016).For each period, through the analysis of the signature of bilateral agreements on Science,Technology and Innovation (ST&I), the main actors, objectives and focus areas envolved are signaled, whilst also being made the relation between agreements and official visits and the profile of the diplomatic relations.Data regarding the agreements are chiefly based on Itamaraty´s database. The following results were obtained: In the 1948-1973 period, scientific diplomacy with political and economic and social development objectives predominated through scientific and techonological cooperation in the field of agriculture conducted by Israeli´s Agency for International Development Cooperation (MASHAV); the signature of agreements did not match, usually, with the occurrence of official visits. On 1973, a period without agreements started,which lasted until 2007. The phenomena was atributted to Brazil´s foreign policy approximation with arab and muslim countries,which created antagonism towards Israel, and, by Israel´s side, the perceived inneficiency regarding MASHAV´s role as an political actor after na event related to the Yom Kippur War. The 2003-2016 period, during the tenure of the Workers Party (PT), was marked by a new era of strong political and economic relations between Brazil and arab and muslim countries, such as Iran, implying in punctual incidents with Israel. Regardless of this, bilateral agreements of S,T&I were relaunched, being focused on the R&D cooperation programs between industial sector companies, with nominaly economical objectives, under the supervision of Israel Innovation Authority. In one of these programs, brazilian and israeli companies related to the defense sector and brazilian army were the main participants. The signature of one of the period agreements´s did not only coincide with an official visit, but also with a moment of worsening ties between Brazil and Israel due to the latter´s evolving relationship with Iran at the time.In conclusion, the employment of development agencies no longer constitutes a chief role in Israel´s science diplomacy on Brazil. Nowadays, there is a supremacy of israeli companies cooperating with brazilian ones, which testifies the emergence of economic purposes along with tradional security objectives on Israel´s science diplomacy.
Descrição: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Relações Internacionais.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/192949
Data: 2018-12-04


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização Descrição
Monografia Lucas de Oliveira da Silva.pdf 1.126Mb PDF Visualizar/Abrir Monografia Lucas de Oliveira da Silva

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar