A salutogênese na promoção da saúde da voz dos professores

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

A salutogênese na promoção da saúde da voz dos professores

Mostrar registro completo

Título: A salutogênese na promoção da saúde da voz dos professores
Autor: Marçal, Cláudia Cossentino Bruck
Resumo: O objetivo deste estudo foi compreender a contribuição da salutogênese para a promoção da saúde da voz do professor no contexto escolar. Trata-se de um estudo misto convergente, realizado em duas etapas: etapa 1 (pesquisa quantitativa) e etapa 2 (pesquisa qualitativa) que ocorreram no segundo semestre de 2017, no município de Florianópolis, Santa Catarina. Participaram 30 professores das séries iniciais de cinco escolas da rede estadual de ensino. A coleta de dados iniciou a partir da entrada do pesquisador nas escolas, com data e hora marcadas com os participantes. Os dados quantitativos foram obtidos por meio de um questionário autoaplicado que continha questões sóciodemográficas, da situação funcional dos professores e do senso de coerência e analisados pela estatística descritiva. Na abordagem qualitativa os dados foram obtidos a partir de entrevista semiestruturada. Para a análise dos dados, valeu-se da proposta operativa de Minayo de análise do conteúdo. No estudo quantitativo foi encontrado um elevado senso de coerência e alta prevalência de alteração vocal. Sobre as características dos professores todas eram mulheres casadas com idade média de 40,2 anos, atuavam como professor temporário em regime de 40 horas semanais com 28 alunos por turma e relataram que às vezes tinham intervalo para descanso. Na pesquisa qualitativa, relacionaram-se quatro categorias: percepção da voz pelos professores, dificuldades para promover a voz do professor, potencialidades para promover a voz do professor e práticas de promoção da saúde da voz realizadas pelos professores. Os resultados foram discutidas à luz da fundamentação teórica sobre a salutogênese e a promoção da saúde. Descreveram-se e discutiram-se os resultados por meio de três manuscritos: A salutogênese na pesquisa em saúde: uma revisão integrativa; O senso de coerência na voz do professor; recursos generalizados de resistência para a promoção da saúde vocal dos professores. As análises indicaram que o professor deste estudo tem alto senso de coerência e, portanto, identificam e enfrentam as dificuldades do ambiente escolar significando de forma positiva a saúde de sua voz, buscando recursos generalizados de resistência internos e externos para a saúde de sua voz. Destacam a importância da sua voz para sua profissão e relatam como principais dificuldades os baixos salários e as condições desfavoráveis da organização e do ambiente de trabalho. Apontam como recursos generalizados de resistência para promover a saúde de sua voz como: como ingerir água, a qualidade do sono, hábitos saudáveis de saúde, recursos prosódicos e psicológicos, práticas para promover a saúde sob a ótica do professor. Como principais dificuldades foi citado o estresse, os baixos salários, carga horária elevada e o ruído em sala de aula. Evidenciou-se que o senso de coerência e os recursos generalizados de resistência são fundamentais para incrementar o estado de saúde positivo destes profissionais como práticas de promoção da saúde para a voz do professor.Abstract : The objective of this study was to understand the contribution of salutogenesis to the promotion of teacher voice health in the school context. It is a convergent mixed study, carried out in two stages: stage 1 (quantitative research) and stage 2 (qualitative research) that occurred in the second half of 2017, in the city of Florianópolis, Santa Catarina. Participated 30 teachers from the initial series of five schools of the state education network. The data collection started from the researcher's entrance in the schools, with date and time marked with the participants. Quantitative data were obtained through a self-administered questionnaire that contained socio-demographic questions, the functional status of teachers and the sense of coherence, and analyzed by descriptive statistics. In the qualitative approach the data were obtained from a semi-structured interview. For the analysis of the data, we used Minayo's operational proposal for content analysis. In the quantitative study, a high sense of coherence and a high prevalence of vocal alteration were found. On the characteristics of the teachers all were married women with an average age of 40.2 years, acting as temporary teacher in a regime of 40 hours a week with 28 students per class and reported that they sometimes had rest intervals. In the qualitative research, there were four categories: teachers' perception of voice, difficulties to promote the teacher's voice, potentialities to promote the teacher's voice and voice health promotion practices carried out by the teachers. The results were discussed in the light of the theoretical basis on salutogenesis and health promotion. The results were described and discussed by means of three manuscripts: Salutogenesis in health research: an integrative review; The sense of coherence in the teacher's voice; generalized resistance resources for the promotion of teachers' vocal health. The analyzes indicated that the teachers of this study have a high sense of coherence and therefore identify and face the difficulties of the school environment, positively signifying the health of their voice, seeking internal and external resources for the health of their voice. They emphasize the importance of their voice to their profession and report as main difficulties the low salaries and the unfavorable conditions of the organization and the work environment. They point out ; generalized resistance resources to promote the health of their voice such as how to ingest water, sleep quality, healthy health habits, prosodic and psychological resources, practices to promote health from the perspective of the teacher. The main difficulties cited were stress, low wages, high hours and noise in the classroom. It was evidenced that the sense of coherence and the generalized resources of resistance are fundamental to increase the positive state of health of these professionals as practices of health promotion for the voice of the teacher.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2018.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/192936
Data: 2018


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
PNFR1056-T.pdf 2.720Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar