Aplicação de um índice multicritério de vulnerabilidade a eventos extremos para praias do Estado de Santa Catarina através de análise espacial

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Aplicação de um índice multicritério de vulnerabilidade a eventos extremos para praias do Estado de Santa Catarina através de análise espacial

Mostrar registro completo

Título: Aplicação de um índice multicritério de vulnerabilidade a eventos extremos para praias do Estado de Santa Catarina através de análise espacial
Autor: Serafim, Mirela Barros
Resumo: A zona costeira do Estado de Santa Catarina é submetida a condições oceanográficas e meteorológicas particulares. A passagem de frentes frias sobre esta área influencia os eventos extremos de marés meteorológicas associadas a ondas de tempestade (maré de tempestade), os quais por sua vez podem levar à ocorrência de episódios de inundação pela água do mar e erosão praial, causando danos à zona costeira – principalmente quando associados a marés astronômicas de sizígia. Considerando que as praias arenosas são os ambientes predominantes ao longo da linha de costa de SC e que possuem elevado valor social e econômico, devido à variedade de atividades realizadas nestes locais e à alta densidade demográfica dos municípios costeiros, o estudo de vulnerabilidade costeira torna-se de grande relevância. O termo vulnerabilidade foi entendido, segundo a definição de CEPAL (2012a), como a capacidade de uma área se antecipar, enfrentar, resistir e se recuperar do impacto causado por um determinado agente, em função de seus múltiplos aspectos físicos e socioeconômicos. Desta forma, este trabalho apresenta uma alternativa metodológica para o mapeamento da vulnerabilidade costeira frente a eventos extremos de ondas e marés para SC, a partir da criação de um índice multicritério e utilização de um Sistema de Informação Geográfica. O modelo final de vulnerabilidade foi obtido a partir da integração entre dois outros submodelos: o de capacidade adaptativa (composto por variáveis socioeconômicas) e o de suscetibilidade (composto por variáveis do meio físico). Os resultados foram apresentados nos setores do GERCO/SC. Os maiores valores de vulnerabilidade foram encontrados para trechos centrais dos setores norte e centro-norte e para segmentos no norte do setor centro. Em alguns segmentos praiais os fatores socioeconômicos tiveram grande relevância. Como exemplo, tem-se a presença de grandes balneários no setor centro-norte (como os dos municípios de Balneário Camboriú, Itapema e Navegantes), onde os graus de vulnerabilidade encontrados foram inferiores, em sua maioria, aos graus de suscetibilidade dos mesmos segmentos. O padrão encontrado para estes grandes balneários pode ser justificado pelos seus altos valores de capacidade adaptativa, para os quais a renda costuma ser elevada e há uma grande presença de domicílios de uso ocasional; apesar do elevado número de residentes comumente encontrado nos mesmos. Por outro lado, os setores sul e centro-sul, embora tenham apresentado graus de capacidade adaptativa relativamente baixos, foram os menos vulneráveis; indicando que o cenário de baixa suscetibilidade, determinado pelos fatores do meio físico, foi de grande relevância nestas regiões.The coastal zone of Santa Catarina state is submitted to particular oceanographic and meteorological conditions. The passage of cold fronts over this area influences extreme events of meteorological tides associated to storm waves (storm surges), which can lead to episodes of flooding by sea water and beach erosion causing damage to the coastal zone - especially when associated with astronomical spring tides. Since the sandy beaches are the predominant environments along Santa Catarina’s coastline and have high social and economic value due to the variety of activities undertaken at these sites and the high population density in coastal cities, the study of coastal vulnerability becomes of great relevance. The term “vulnerability” was understood, as defined by CEPAL (2012a), as the ability of an area to anticipate, cope with, resist and recover from the impact of a particular agent, due to its multiple physical and socioeconomic aspects. Thus, this study presents a methodological alternative for the mapping of coastal vulnerability to extreme events of waves and tides, in Santa Catarina state, from the creation of a multicriteria index and the use of a Geographical Information System. The final model of vulnerability was obtained from the integration between two other sub-models: the adaptive capacity model (composed by socioeconomic variables) and the susceptibility model (consisting of environmental variables). The results were presented in the sectors defined by GERCO/SC. The highest values of vulnerability were found in central portions of the north and central-north sectors and in segments at the north of the central sector. In some segments the socioeconomic factors had great relevance. An example is the presence of large settlements in central-north sector (such as the cities of Balneario Camboriu, Itapema and Navegantes), where the vulnerability degrees were lower than the susceptibility degrees in most cases. The pattern found for these large agglomerations can be justified by their high levels of adaptive capacity, for which the income is usually high and it is expressive the presence of houses for occasional use. On the other hand, the south and south-central sectors showed relatively low levels of adaptive capacity, but even so they were the least vulnerable, indicating that the scenario of low susceptibility, determined by environmental factors, is of great importance in these regions.
Descrição: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Oceanografia
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/192089
Data: 2014-07-02


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
TCC_MIRELA_BARROS_SERAFIM.pdf 10.21Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar