Petrografia do sistema plutono-vulcânico da Suíte Cambirela no Morro dos Cavalos - SC

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Petrografia do sistema plutono-vulcânico da Suíte Cambirela no Morro dos Cavalos - SC

Mostrar registro completo

Título: Petrografia do sistema plutono-vulcânico da Suíte Cambirela no Morro dos Cavalos - SC
Autor: Laikovski, Gelce Camila
Resumo: O Batólito Florianópolis comporta um conjunto de rochas magmáticas Neoproterozóicas, dispostas em direção NE na porção norte do Cinturão Dom Feliciano, e tem sua gênese associada à tectônica transcorrente de ambiente pós-colisional do final do Ciclo Brasiliano. Neste contexto, encontra-se a Suíte Cambirela, como estágio final de atividade magmática do Batólito, composta por rochas ácidas plutônicas, hipabissais e vulcânicas. A Suíte é formada pelas unidades Granito Ilha, Granito Itacorumbi e Riolito Cambirela, bem como por rochas hipabissais com características intermediárias entre os termos plutônicos e vulcânicos. O Granito Ilha é composto por monzo a sienogranitos, com textura alotriomórfica equigranular média a grossa, e é subdividido em fácies leucocrática e biotítica, de acordo com o teor de agregados máficos, representados principalmente por biotita. O Granito Itacorumbi tem composição análoga, apresenta textura porfirítica e expressiva presença de enclaves máficos grossos, característica diagnóstica desta rocha. O Riolito Cambirela é formado por rochas efusivas e piroclásticas, representadas por ignimbritos, comumente com feições lava-like e reoignimbritos, apresentando fiammes soldados em textura eutaxítica. É comum de sistemas plutono-vulcânicos rasos a presença de rochas graníticas, hipabissais e vulcânicas síncronas, bem como, com magmas mais ácidos, expressiva presença de ignimbritos, cujo grau de cristalinidade e tramas texturais possibilitam a identificação de sua gênese.Florianópolis Batholith is formed of a set of Neoproterozoic magmatic rocks, disposed on a NE direction, on the North part of the Dom Feliciano Belt, and its formation comes from a transcurrent tectonic regime in a post-collisional environment at the end of the Brasiliano cycle. In this context, there is the Cambirela Suite, as the final stage of activity of the Batholith, composed of plutonic, hypabyssal and volcanic acidic rocks. The Suite is formed of the Ilha Granite, Itacorumbi Granite and Cambirela Rhyolite units, as well as of hypabyssal rocks with intermediate characteristics between the plutonic and volcanic facies. Ilha Granite is composed of monzo to syenogranites, with allotiomorphic equigranular medium to coarse texture, and it is subdivided into leucocratic and biotitic facies, according to its rate of mafic aggregates, represented mainly by biotite. The Itacorumbi Granite has a similar composition, with porphyritic texture and expressive ammounts of coarse mafic aggregates, a diagnostic feature of this rock. The Cambirela Rhyolite is formed of effusive and pyroclastic rocks, lava-like and rheomorphic ignimbrites, showing welded fiammes in a eutaxitic texture. It is common of plutono-volcanic shallow level systems the presence of synchronous granitic, hypabyssal and volcanic rocks, as well as, in acidic magmas, expressive presence of ignimbrites, whose crystallinity grade and texture can help identify its genesis.
Descrição: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Geologia.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/192082
Data: 2018-11-22


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
TCC Laikovski GC.pdf 4.656Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar