Captura de Intermediários de Enxofre Formados na Dessulfurização de Carbonos Previamente Modificados com SO2

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Captura de Intermediários de Enxofre Formados na Dessulfurização de Carbonos Previamente Modificados com SO2

Mostrar registro simples

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Debacher, Nito Angelo
dc.contributor.author Silva, Driélle Müller da
dc.date.accessioned 2018-12-06T18:31:52Z
dc.date.available 2018-12-06T18:31:52Z
dc.date.issued 2018-12-03
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/192023
dc.description TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Curso de Química. pt_BR
dc.description.abstract Este trabalho tem como principal objetivo estudar os intermediários gerados a partir da dessulfurização de carvão ativado modificado com dióxido de enxofre, SO2 (mCA/SO2). O SO2 é conhecidamente um dos gases que mais contribuem para o fenômeno da chuva ácida, e tem como principal fonte as emissões causadas pela queima de combustíveis fósseis, principalmente carvão mineral. Apesar do problema crescente e a necessidade de reduzir emissões, poucos estudos apontam soluções para o problema. Resultados anteriores do grupo de Físico-química Orgânica e Fenômenos de Interfaces, situado no laboratório 214 da UFSC, mostraram que o processo de dessulfurização da matriz do carbono (previamente modificada com SO2) produz os alótropos dienxofre e tetraenxofre, S2 e S4 respectivamente, como intermediários da reação. Resultados obtidos neste trabalho confirmaram a reprodutibilidade dos dados obtidos anteriormente por este grupo de pesquisa, acompanhando a reação de dessulfurização de mCA/SO2 por espectroscopia UV-Vis através do aparecimento de um máximo e um mínimo, que representam duas espécies distintas de enxofre, S2 e S4. A captura do alótropo S2, neste trabalho, foi feita utilizando dois dienos via reação de Diels-Alder, usando 1,4-difenil-1,3-butadieno (DPBD) e 2,3-dibenzil-1,3-butadieno (DBBD) e caracterizados por espectroscopia UV-Vis e RMN 1H. A reação foi feita em refluxo e acompanhada por espectroscopia UV-Vis durante 120 min, acompanhando a formação e o desaparecimento de bandas na região de 200-300 nm. pt_BR
dc.format.extent 50 f. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Florianópolis, SC pt_BR
dc.rights Open Access en
dc.rights Open Access en
dc.subject enxofre pt_BR
dc.subject dióxido de enxofre pt_BR
dc.subject dienxofre pt_BR
dc.subject carvão ativado pt_BR
dc.subject dessulfurização pt_BR
dc.title Captura de Intermediários de Enxofre Formados na Dessulfurização de Carbonos Previamente Modificados com SO2 pt_BR
dc.type TCCgrad pt_BR
dc.contributor.advisor-co Humeres, Eduardo


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
TCC drielle bu.pdf 1.284Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar