A influência das instituições na qualidade ambiental dos estados brasileiros

DSpace Repository

A- A A+

A influência das instituições na qualidade ambiental dos estados brasileiros

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Oliveira, Guilherme
dc.contributor.author Marinhuk, Alessandra
dc.date.accessioned 2018-07-24T11:52:58Z
dc.date.available 2018-07-24T11:52:58Z
dc.date.issued 2018-07
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/188554
dc.description TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia. pt_BR
dc.description.abstract A integração das relações ambientais com a organização econômica da sociedade promove desafios ao processo de desenvolvimento econômico. A literatura possui um amplo debate sobre as implicações do crescimento econômico e as possibilidades de equilibrá-lo com o ecossistema. Uma variável relevante nessa interação é o papel das instituições e sua influência no processo produtivo e nos níveis de qualidade ambiental. O desenho institucional representa a estrutura de incentivos na sociedade, relacionando-se com o desempenho econômico por meio de restrições formais e informais que regulam as interações dos atores políticos, econômicos e sociais. Dessa maneira, uma análise do meio ambiente que compreenda a dinâmica das instituições é pertinente. A presente pesquisa tem como objetivo subsidiar essa discussão, ao medir a influência da qualidade das instituições na qualidade ambiental dos estados brasileiros, no período de 2013 a 2016, por meio de um modelo econométrico. As unidades federativas foram escolhidas como objeto de análise por possuírem heterogeneidade entre si e passarem por processos históricos e econômicos distintos. As proxies utilizadas para representar instituições e qualidade ambiental foram, respectivamente, a taxa de congestionamento da Justiça Estadual e a proporção das Unidades de Conservação. Os resultados apontam para uma relação estável e negativa entre as variáveis em todas as especificações, em que maiores taxas de congestionamento se traduzem em instituições piores, e, consequentemente, em piores níveis de qualidade ambiental. pt_BR
dc.format.extent 51 f. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Florianópolis, SC pt_BR
dc.subject Instituições; qualidade ambiental; crescimento econômico pt_BR
dc.title A influência das instituições na qualidade ambiental dos estados brasileiros pt_BR
dc.type TCCgrad pt_BR


Files in this item

Files Size Format View
Monografia Alessandra Kuchar.pdf 915.7Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar