Efeitos da modificação do uso da terra sobre o comportamento do escoamento em área de descarga do Sistema Aquífero Integrado Guarani/Serra Geral

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Efeitos da modificação do uso da terra sobre o comportamento do escoamento em área de descarga do Sistema Aquífero Integrado Guarani/Serra Geral

Mostrar registro completo

Título: Efeitos da modificação do uso da terra sobre o comportamento do escoamento em área de descarga do Sistema Aquífero Integrado Guarani/Serra Geral
Autor: Hoffmann, Geovano Pedro
Resumo: Uma das maneiras pelas quais a sociedade se relaciona com uma bacia hidrográfica, de forma equilibrada e/ou conflituosa no contexto dos reservatórios hídricos de um ambiente, é através do uso e cobertura da terra. Com enfoque na relação entre sociedade e bacia hidrográfica, sob a perspectiva da análise ambiental sistêmica, o presente estudo procura abordar a temática da relação aquífero-rio. Nesse sentido, a pesquisa teve por objetivo investigar os efeitos da modificação do uso e cobertura da terra sobre o escoamento superficial das águas, em regime de fluxo de base, em área de descarga do Sistema Aquífero Integrado Guarani/Serra Geral (SAIG/SG) e de abrangência da estação hidrometeorológica Vila Canoas/SC. A metodologia, de abordagem quantitativa-exploratória, consistiu em identificar, através de mapeamento multitemporal (de 1957, 1976, 1997 e 2017) a evolução do uso e cobertura da terra; caracterizar a dinâmica físico-temporal da área de estudo para o período em análise; estimar o fluxo de base e a recarga subterrânea a partir de dados de vazão; e estimar a velocidade média do escoamento superficial para as categorias de uso e cobertura da terra. Os dados da recarga e descarga de águas subterrâneas, além das velocidades médias do escoamento superficial, mostraram que a etapa do escoamento subterrâneo, no contexto do ciclo hidrológico das últimas seis décadas, era acelerado no período 1957-1976 e foi sendo reduzido progressivamente de 1976 a 2017 na área de estudo. Os dados obtidos também comprovam a existência de efeitos da modificação do uso e cobertura da terra, pela interferência de ações antropogênicas, na redução do escoamento superficial e, consequentemente, no aumento do fluxo d’água subterrâneo. Sendo a única área no Estado de Santa Catarina que permite ser realizada a avaliação da interação aquífero-rio para o SAIG/SG, o estudo da região de pesquisa permitiu considerar estratégias de reconfiguração do uso e cobertura da terra, apropriadas à conservação do SAIG/SG, como mecanismo da gestão integrada de águas, que possam, além de reduzir a explotação do sistema hidrogeológico, estimular a recarga/descarga de águas subterrâneas.The relationship between society and the watershed can be harmonious or conflicting. It depends on land use and its coverage management. The present study aims to explore this relationship between society and watershed, using the understanding about how aquifers may support the river flow, with systemic environmental analysis. Thus, the study compromised to investigate the land use and coverage modifications and its influences on runoff and base flow waters into a discharge area, the drainage basin drew by Vila Canoas/SC meteorologic station, the unique inserted in Guarani/Serra Geral Integrated Aquifer System (SAIG/SG) region, the unique capable to offer this situation in the Santa Catarina State. The methodology involved a quantitative-exploratory mapping technique to identify the land use and coverage changes along the years of 1957, 1976, 1997 and 2017. The water base flow, runoff and groundwater recharge were evaluated through river-flow data for different land coverage and uses. As a result, the river base flow data analysis shows that runoff was more intense for the scenery between 1957-1976 than 1976-2017. It occurs in response to changes in the land coverage that registers an increase for forests coverage in the watershed, starting from the worse condition in 1957 to better nowadays. Other important result was the validation of the applied methodology, since this has confirmed land modifications and base flow relationship, making its uses possible for other SAIG/SG watershed evaluations. Finally, some considerations about integrated management were made to stimulate the SAIG/SG waters conservation.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/185217
Data: 2017-12-13


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização Descrição
hoffmann_dissertacao.pdf 19.55Mb PDF Visualizar/Abrir Arquivo da dissertação

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar