Simulação e análise termoenergética de uma planta piloto bioclimática

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Simulação e análise termoenergética de uma planta piloto bioclimática

Mostrar registro completo

Título: Simulação e análise termoenergética de uma planta piloto bioclimática
Autor: Silva, Milena Paim da
Resumo: O cenário de demanda crescente de energia elétrica resultante do aumento populacional, da urbanização e do avanço tecnológico é um desafio da sociedade contemporânea. A geração distribuída e a eficiência energética são soluções relevantes para atender as demandas do desenvolvimento sustentável, tanto no projeto de novas edificações quanto em retrofit. Os edifícios no Brasil, via de regra, foram construídos sem considerar as características do clima local. Desta forma, o consumo de condicionamento de ar artificial é uma das principais estratégias para suprir o conforto térmico dos ocupantes, quando se trata de unidades residenciais e comerciais. Esse trabalho apresenta uma análise de desempenho termoenergético de uma planta piloto bioclimática localizada em Araranguá, sul de Santa Catarina. A análise de desempenho termoenergético da edificação foi realizada a partir de dados provenientes de simulação do software EnergyPlus. A planta piloto foi construída com estratégias bioclimáticas, sendo as principais: isolamento térmico nas paredes externas e coberturas, fachada ventilada, telhado vegetado e telhas termoacústicas. O trabalho apresenta uma análise comparativa de desempenho entre a planta piloto bioclimática e uma planta piloto sem estratégias bioclimáticas e resultados de simulação da planta piloto bioclimática em cidades das distintas zonas bioclimáticas brasileiras, a fim de verificar o impacto que os diferentes climas causam na mesma edificação. Os resultados da simulação comprovaram que as estratégias bioclimáticas têm impacto no desempenho térmico e energético da edificação.The increasing consumption of electric energy that is the result of population growth, urbanization and technological advancement is a challenge for contemporary society. Distributed generation and energy efficiency are relevant solutions to meet the demands of sustainable development, both in the design of new buildings and in retrofit. In Brazil, the buildings were built without considering the characteristics of the local climate. The consumption of artificial air conditioning is a strategy commonly used to supply thermal comfort in buildings. This work presents an analysis of thermal and energy performance of a bioclimatic pilot plant located in Araranguá, south of Santa Catarina. The simulation was performed using the EnergyPlus software. The pilot plant was built with bioclimatic strategies, for example, thermal insulation in walls and roofs, ventilated facade, green roof and thermoacoustic roof. The work presents a performance analysis between the bioclimatic pilot plant and a pilot plant without bioclimatic strategies. The performance of the bioclimatic pilot plant in different bioclimatic zones is also presented. The results of the simulation proved that the bioclimatic strategies have an impact on the thermal and energy performance of the building.
Descrição: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Araranguá. Engenharia de Energia.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/178019
Data: 2017-07-03


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização Descrição
TCC_Milena.pdf 1.978Mb PDF Visualizar/Abrir TCC

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar