Desenvolvimento de Argamassas Geopoliméricas Porosas a partir do uso de Pó de Lâmpada Fluorescente e Pó de Alumínio

DSpace Repository

A- A A+

Desenvolvimento de Argamassas Geopoliméricas Porosas a partir do uso de Pó de Lâmpada Fluorescente e Pó de Alumínio

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Senff, Luciano
dc.contributor.author Schwitzky Junior, Vilson
dc.date.accessioned 2017-07-05T16:04:47Z
dc.date.available 2017-07-05T16:04:47Z
dc.date.issued 2017-06-22
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/176984
dc.description TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Campus Joinville. Engenharia de Infraestrutura. pt_BR
dc.description.abstract Inseridos num contexto de desenvolvimento sustentável, os países buscam constantemente, alternativas para reduzir os impactos ambientais causados pela construção civil, especialmente pela produção do cimento Portland, uma vez que esta é a principal causa das emissões de CO2 na atmosfera. Dentre estas alternativas, destacam-se os materiais geopoliméricos, que são materiais que quando submetidos à soluções alcalinas, endurecem devido à polimerização. As matérias primas para a produção dos geopolímeros são de composições ricas em sílica e alumina. Nesta pesquisa, será utilizado o metacaulim como fonte principal de aluminossilicato e da mesma forma, pó de lâmpadas fluorescentes recicladas será parcialmente aplicado na composição com o mesmo intuito do metacaulim, enquanto que, a adição do pó de alumínio tem a função de um agente formador de poros. A solução ativadora alcalina será composta pelo hidróxido de sódio com concentração de 10 molar e o silicato de sódio. Os resultados demonstram que o pó de alumínio e o seu efeito, quando combinado com o pó de lâmpada fluorescente contém influência direta na porosidade, consistência, densidade e resistência mecânica. Assim, argamassas geopoliméricas porosas foram produzidas e valores de resistência à compressão aos 28 dias de curas alcançaram 13 MPa, mostrando que o pó de alumínio e o pó de lâmpada fluorescente podem ser utilizados em aplicações que requeiram materiais leves, reguladores de ph e absorventes de metais pesados. pt_BR
dc.description.abstract Inserted in a context of sustainable development, countries are constantly seeking alternatives to reduce the environmental impacts caused by construction, especially by the production of Portland cement, once this is the main cause of CO2 emissions in the atmosphere. Among these alternatives, the geopolymeric materials stand out, which are materials that, when subjected to alkaline solutions, harden due to polymerization. The raw material for the production of the geopolymers is compositions rich in silica and alumina. In this research, metakaolin will be used as the main source of aluminosilicate and in the same way, recycled fluorescent lamp powder will be partially applied in the composition with the same purpose of metakaolin, whereas the addition of aluminum powder has the function of a pores forming agent. The alkaline activating solution will be composed of 10M sodium hydroxide and sodium silicate. The results demonstrate that aluminum powder and its effect combined with fluorescent lamp powder has a direct influence on porosity, consistency, density and mechanical strength. Porous geopolymeric mortars were produced and compressive strength values at 28 days of cures reached 13 MPa, showing that aluminum powder and fluorescent lamp powder can be used in applications requiring light materials, pH regulators and heavy metal absorbers. pt_BR
dc.format.extent 63 f. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Joinville, SC pt_BR
dc.subject Cimento Portland pt_BR
dc.subject Geopolímeros pt_BR
dc.subject Metacaulim pt_BR
dc.subject Pó de Lâmpada Fluorescente pt_BR
dc.subject Pó de Alumínio pt_BR
dc.title Desenvolvimento de Argamassas Geopoliméricas Porosas a partir do uso de Pó de Lâmpada Fluorescente e Pó de Alumínio pt_BR
dc.type TCCgrad pt_BR


Files in this item

Files Size Format View Description
TCC.pdf 4.148Mb PDF View/Open TCC

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar