Ruído Urbano e Efeitos Não Auditivos na Saúde da População: Revisão de Literatura

DSpace Repository

A- A A+

Ruído Urbano e Efeitos Não Auditivos na Saúde da População: Revisão de Literatura

Show full item record

Title: Ruído Urbano e Efeitos Não Auditivos na Saúde da População: Revisão de Literatura
Author: Amorim, Letícia David de
Abstract: Introdução: O ruído pode ser definido como um som desprovido de harmonia, que pode acarretar consequências ao organismo humano, desde perdas auditivas, estresse e perturbações no ritmo biológico, resultando muitas vezes em distúrbios do sono, incômodo e consequências na saúde, passando assim a se configurar como um agente provedor de doenças.O aumento da urbanização interfere diretamente no aumento da poluição sonora, principalmente devido ao aumento do número de veículos, um dos mais importantes geradores do ruído urbano. Objetivos: A pesquisa tem como objetivo verificar os efeitos não auditivos da exposição ao ruído urbano, por meio de revisão de literatura. Metodologia: Foi realizado um levantamento de trabalhos científicos em três idiomas – Português, Espanhol e Inglês, publicados nos últimos cinco anos (2010-2014), nas bases de dados: MEDLINE/PUBMED, SCIELO e LILACS. A seleção dos artigos foi baseada na identificação dos títulos e resumos de interesse. Os artigos identificados pela estratégia de busca foram avaliados de acordo com os critérios de inclusão. Conclusão: A literatura nacional referente à pesquisa de níveis de ruído e os efeitos não auditivos esta exposição é numericamente inferior aos estudos internacionais. Estudos internacionais são publicados em revistas com melhores conceituações em relação aos estudos nacionais. O Brasil necessita de mais estudos sobre o ruído, assim como utilização de melhores instrumentos de pesquisa. Mapas de ruídos são realidade de países desenvolvidos, fato que não ocorre no Brasil. Há relação entre a exposição de níveis elevados de ruído e efeitos não auditivos, como resposta cardíaca, distúrbio do sono e risco para a hipertensão.Introduction: Noise can be defined as a sound devoid of harmony, which can lead to consequences for human beings, since hearing loss, stress and disturbances in biological rhythms, often resulting in sleep disturbance, nuisance and health consequences, thus increasing the be configured as a provider of disease agent. Increased urbanization interferes directly in increased noise pollution, mainly due to the increasing number of vehicles, one of the most important sources of urban noise. Objectives: The study aims to determine the non-auditory effects of exposure to urban noise, through literature review. Methodology: A survey of scientific work was conducted in three languages - Portuguese, Spanish and English, published in the last five years (2010-2014), in databases: MEDLINE / PUBMED, LILACS and SciELO. The selection of articles was based on the identification of titles and abstracts of interest. The articles identified by the search strategy were assessed according to the inclusion criteria. Conclusion: A national survey of literature pertaining to the levels of noise and non-auditory effects this exposure is numerically inferior to international studies. International studies are published in journals with best concepts in relation to national studies. Brazil needs more studies on noise, as well as better use of research instruments. Noise maps are reality in developed countries, which does not occur in Brazil. There is a relationship between exposure to high levels of noise and non-auditory effects such as cardiac response, sleep disturbance and risk for hypertension.
Description: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências da Saúde. Fonoaudiologia.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/169740
Date: 2016-10-19


Files in this item

Files Size Format View
TCC-Letícia..pdf 1.100Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar