Estudo da percepção da fala de indivíduos adultos usuários de implante coclear unilateral

DSpace Repository

A- A A+

Estudo da percepção da fala de indivíduos adultos usuários de implante coclear unilateral

Show full item record

Title: Estudo da percepção da fala de indivíduos adultos usuários de implante coclear unilateral
Author: Giusti, Odete Jussara Cordeiro
Abstract: Introdução:. O Implante Coclear (IC) é um dispositivo eletrônico que substitui o órgão de Corti, possibilitando ao indivíduo com perda auditiva de grau severo e ou profundo bilateral a sensação de audição. Após a cirurgia os usuários de IC são submetidos a testes de percepção de fala, os quais objetivam avaliar e monitorar o desempenho auditivo e linguístico. No entanto, existem alguns fatores que podem influenciar na percepção de fala, limitando assim os benefícios esperados após uso do IC. Objetivo: analisar a percepção de fala de adultos usuários de IC antes e após um ano da cirurgia. Métodos: Foi realizado um estudo exploratório descritivo comparativo em indivíduos adultos usuários de IC que realizaram a cirurgia do IC no Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina no período de agosto de 2011 a fevereiro de 2013. A população do estudo foi composta por 12 indivíduos adultos com surdez pré e pós-lingual, com idade entre 20 a 60 anos, sendo quatro do sexo masculino e oito do feminino com diagnóstico de perda auditiva neurossensorial de grau profundo bilateralmente. O estudo foi realizado no Serviço de Fonoaudiologia e no Serviço de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina. Primeiramente foram coletados nos prontuários os resultados nos testes de percepção de fala (COSTA; BEVILACQUA, 2001) da avaliação pré-cirúrgica. Após um ano de cirurgia foram repetidos os mesmos testes de percepção de fala da avaliação pré-cirúrgica, e os resultados correlacionados com as variáveis: tempo de surdez, inserção dos eletrodos, escolaridade e frequência da fonoterapia. Verificou-se ainda, através do Hearing Handicap Inventory for Adult-HHIA (adaptado por ALMEIDA,1998) a autopercepção da dificuldade auditiva após um ano de implantação. Resultados: Após um ano de cirurgia do IC 91,63% dos indivíduos apresentaram melhora na percepção de fala. No teste de detecção e discriminação dos Sons do Ling a média inicial de acerto passou de 30,30% e 8,67% para 93,05% e 80.89% respectivamente. A identificação de extensão vocabular, reconhecimento de sentenças em conjunto fechado e aberto passou de 26,75%, 11,66% e 0,5% para 76,66%, 85,% e 59,5% respectivamente. Verificou-se que os indivíduos com pior desempenho nos testes de reconhecimento em conjunto aberto apresentaram maior tempo de surdez (75%), problema na inserção dos eletrodos (25%) e menor frequência na fonoterapia (25%). No HHIA 83,33% da população apresentou algum grau de autopercepção da dificuldade auditiva. Conclusão: Os resultados revelaram que a maioria dos indivíduos apresentou melhora na percepção de fala após um ano de cirurgia do IC, sendo constatado melhora principalmente nas habilidades de discriminação dos sons de Ling e reconhecimento de sentenças em conjunto fechado e aberto. Quanto aos fatores verificou-se que o tempo de surdez, inserção dos eletrodos e frequência na fonoterapia, foram os que mais influenciaram a percepção de fala após o uso IC. No HHIA a maioria apresentou grau severo de autopercepção da dificuldade auditiva. Sugere-se que os testes de percepção de fala sejam utilizados para monitorar o desempenho dos usuários de IC, além de questionários de autopercepçãoIntroduction: The CI is an electronic device that replaces the Organ of Corti, providing the sense of hearing to individuals with severe-to-profound bilateral hearing loss. After surgery, CI users undergo speech perception tests, which aim to assess and monitor postimplant auditory and linguistic performance. However, some other factors may influence speech perception, limiting the expected benefits. Objective: To analyze the speech perception of adult cochlear implant recipients before and one year after surgery. Methods: Exploratory-descriptive study, conducted in pre and postlingually deaf adults who underwent CI surgery at University Hospital - UFSC from August 2011 to February 2013. The study population was comprised of 12 adults with pre and post-lingual deafness, aged 20-60 years old, four men and eight women of whom diagnosed with bilateral profound sensorineural hearing loss. The research was conducted service of the Speech, Language and Hearing Sciences, and the Department of Otolaryngology - Head and Neck Surgery Hospital University, Federal University of Santa Catarina. First were collected from medical records results in speech perception tests of the pre-surgical evaluation. After a year of CI implantation, speech perception tests (COSTA; BEVILACQUA, 2001) were performed, correlating their results with the variables: duration of deafness, insertion electrodes education level and frequency of speech therapy. The self-perception of hearing handicap after one year of CI implementation was also evaluated through the Hearing Handicap Inventory for Adult - HHIA (adapted by ALMEIDA, 1998). Results: After one year of CI use 91.63% of subjects displayed improvement in speech perception. Initial accuracy average in Ling Sound Tests for detection and discrimination were 30.30% and 8.67% respectively, changing to 93.05% and 80.89%. The identification of vocabulary extension, closed and open-set sentence recognition ranged from 26.75%, 11.66% and 0.5% to 87.33%, 85%, 59.5% respectively. It was possible to verify that individuals who have had worse performance on recognition tests in open set presented longer Deafness (75%), problem on insertion of electrodes (25%) and a lower frequency in speech therapy (25%). In HHIA 83.33% of the population has some degree of self-perception of hearing difficulty. Conclusion: The results revealed that most of the subjects showed improvement in speech perception after one year of CI surgery. Main improves were found in the skills of discrimination of Ling Sounds, closed and open-set sentence recognition. Factors such as duration of deafness, insertion of electrodes and frequency in speech therapy have most influenced the speech perception after use of the CI. In HHIA most individuals showed severe degree of self-perception of hearing difficulty. It is suggested that speech perception tests are used to monitor the performance of CI users, as well as self-perception questionnaires.
Description: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências da Saúde. Fonoaudiologia.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/169701


Files in this item

Files Size Format View
TCCC para PDF.A (1).pdf 5.785Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar