Eventos de múltiplos letramentos e doença de alzheimer: estudo de caso

DSpace Repository

A- A A+

Eventos de múltiplos letramentos e doença de alzheimer: estudo de caso

Show full item record

Title: Eventos de múltiplos letramentos e doença de alzheimer: estudo de caso
Author: Zappelini, Cynthia Colombi
Abstract: Com o envelhecimento da população brasileira há um aumento das doenças associadas ao envelhecimento, dentre elas a Doença de Alzheimer (DA). A DA é caracterizada principalmente por déficits de múltiplas funções cognitivas, comprometendo os aspectos funcional e social do sujeito, refletindo na qualidade de vida de seus portadores e familiares. Dentre as características de déficits cognitivos pode-se citar memória, pensamento, orientação, compreensão, linguagem, cálculo, capacidade de aprendizagem e pensamento abstrato. A linguagem é um processo complexo e elaborado, podendo as alterações referentes à DA ocorrerem em diferentes níveis: fonológicos, sintáticos, semânticos ou discursivos, podendo comprometer a linguagem oral e escrita. Há ainda poucos estudos qualitativos sobre a leitura e a escrita e, principalmente, sobre eventos múltiplos de letramentos nesse contexto. O letramento refere-se aos usos e práticas sociais de linguagem escrita numa perspectiva sociológica, antropológica e sociocultural. Desta forma, a presente pesquisa tem por objetivo analisar a capacidade de um sujeito com diagnóstico de DA integrar-se em novos eventos de letramentos digitais a partir da terapia fonoaudiológica baseada em uma perspectiva sócio-histórica. Este foi um estudo de caso de AR, sexo feminino, 77 anos, com Diagnóstico de Doença de Alzheimer há seis anos. Foram analisadas sessões de terapia fonoaudiológica de quatro anos, a partir de uma abordagem neurolinguística enunciativo-discursiva. Utilizou-se, nas terapias, atividades significativas que envolviam produção e interpretação da linguagem a partir dos diversos gêneros e ainda, inserção da paciente em práticas de letramento digitais. Os dados foram transcritos e analisados a partir da perspectiva citada. Verificou-se a inserção do sujeito com novos eventos de letramento digital e a modificação desse sujeito com relação as suas práticas de linguagem escrita. AR não apenas participou de interações fonoaudiológicas mediadas pelo computador como passou a adotar sistematicamente práticas de leitura e escrita através dos meios digitais. A paciente participou de produção escrita de crônicas para um blog, pesquisa na internet, palavras-cruzadas digitais, email, jogos de tablet, facebook (leitura e produção de comentários, opiniões, etc). Acredita-se que possibilitar o acesso do indivíduo com DA, em estágio inicial, a eventos múltiplos de letramento digital, promove a manutenção da reserva cognitiva e favorece suas práticas sociais e de linguagem. Além disso, a aprendizagem da paciente dessas práticas escritas evidencia a possibilidade de um sujeito com demência realizar novos aprendizados e se envolverem com novas práticas sociais.With the aging of the Brazilian population, there has been an increase in age-related diseases, including Alzheimer’s Disease (AD). AD is primarily characterized by deficiencies in multiple cognitive functions, compromising the subject’s functional and social traits, impacting the quality of life of disease-carriers and their families. Among the cognitive deficits evidenced by AD, one can include memory, thought, spatial orientation, linguistic comprehension, language, math, learning capacity, and abstract thought. Language is a complex and elaborate process, making the changes regarding AD occur at different levels: phonological, syntactic, semantic or discourse, which may impair both the oral and written language. There are few qualitative studies on reading and writing, and especially on multiple literacies events in this context. Literacy refers to the habits and social practices of writing in various social contexts, in a sociological, anthropological and sociocultural perspective. To analyze the ability of a subject diagnosed with AD to integrate into new events of digital literacies from speech therapy based on a socio-historical perspective. This was a case study of patient AR,a 77 year old female diagnosed with Alzheimer's disease six years ago. Speech therapy sessions of four years were analyzed from a discursive enunciation neurolinguistic approach. Significant activities were used in therapies involving production and interpretation of language from various genres and even insertion of patient practices of digital literacy. Data were transcribed and analyzed from the perspective aforementioned. AR not only participated in computer-mediated speech therapy interactions as systematically began to adopt practices of reading and writing through digital media. The patient participated in the written production of chronicles for a blog, Internet research, digital crosswords, email, gaming tablet, facebook (reading and production of comments, opinions, etc). It is believed that enabling the individual access to AD, early-stage, multiple events of digital literacy promotes the maintenance of cognitive reserve and favors their social and language practices. Moreover, the patient's learning of new written practices evidence the possibility of a person with dementia to continue learning and engage in new social practices.
Description: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências da Saúde. Fonoaudiologia.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/169691
Date: 2016-10-19


Files in this item

Files Size Format View Description
TCC_Cynthia.pdf 2.248Mb PDF View/Open PDF/A

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar