Mulheres no mercado de trabalho: observação do gênero feminino nas organizações

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Mulheres no mercado de trabalho: observação do gênero feminino nas organizações

Mostrar registro completo

Título: Mulheres no mercado de trabalho: observação do gênero feminino nas organizações
Autor: Mello, Gabriela de Assis
Resumo: Muitos estudiosos dizem que tudo se iniciou com a I e a II Guerras Mundiais, esse foi o período em que as mulheres começaram a se inserir no mercado de trabalho, pelo fato de faltar homens para trabalhar, já que muitos estavam na guerra. Desde então a mulher conquista cada vez mais o mercado de trabalho. Apesar dessas muitas conquistas, a partir de dados estatísticos, constata-se que ainda há uma grande diferença no mercado de trabalho quando se compara os gêneros, como diferenças salariais, dificuldades maiores para promoções dentro da empresa, a dupla jornada feminina, entre outros. Outra dificuldade encontrada é o modelo de liderança enraizado da nossa cultura patriarcal, o que muitas vezes leva a ocorrer a não valorização das características relacionadas ao feminino, o que prejudica as mulheres pois essa encontra barreiras para assumir cargos de alto escalão, e prejudica também as organizações pois é muito bom obter o equilíbrio entre as características do feminino e do masculino juntos, como se verá ao longo desse trabalho. Sendo assim, o questionamento do trabalho é: como se observa a relação de gêneros no trabalho nas indústrias de grande porte, de acordo com a quantidade de funcionários, na Grande Florianópolis? Para responder a essa pergunta foi realizado um estudo qualitativo descritivo, multicaso, e com finalidade prática, que teve como base dados secundários e estudos através da fundamentação teórica e foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os responsáveis pelo departamento de recursos humanos em três indústrias da Grande Florianópolis. Através dos dados secundários apresentados e da afirmação dos autores na fundamentação, se apresenta a situação atual de relação de gênero no mercado de trabalho. Esses dados secundários apresentam um cenário desfavorável ao universo feminino e muitos autores afirmam que as características relacionadas ao feminino não são muito bem valorizadas pelo mercado de trabalho, mas o presente trabalho comprova essas como sendo as mais bem avaliadas, mostrando uma certa mudança e tendência no mercado de trabalho, porém os gestores entrevistados não reconhecem essas características como sendo ligadas ao gênero. O presente estudo afirma que a relação entre determinadas características e o gênero não são tão claras como aparecem, já que não pode-se generalizar a todos. Dessa forma conclui-se uma valorização das características ditas femininas no mercado de trabalho, porém não necessariamente são reconhecidas como tais, não sendo, portanto, uma vantagem competitiva para as mulheres.
Descrição: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Administração.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/121201
Data: 2011


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
302536.pdf 975.4Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar