Da produção de limites ao ilimitado: a luta pelo presente

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Da produção de limites ao ilimitado: a luta pelo presente

Mostrar registro completo

Título: Da produção de limites ao ilimitado: a luta pelo presente
Autor: Azevedo, Raquel de
Resumo: A estreita relação entre tempo e espaço é a angústia que move este trabalho. Na medida em que a aplicação da ciência se torna o princípio da produção social, a acumulação capitalista cresce em um ritmo acelerado, de modo que a queda na taxa de lucro exista apenas como tendência. No entanto, a riqueza de humanidades que este movimento antropofágico cria já não cabe no próprio ato criativo do capital. O modo como o domínio do tempo se manifesta na universalidade do espaço já evidencia que a relação capitalista não comporta a si mesma. Mas é na mecânica quântica que o erro da medida se transforma em um ato criativo que não obtém o caráter genérico de suas proposições a partir da produção de limites. A queda tendencial da taxa de lucro cria uma base produtiva capaz de romper a temporalidade que o homem produz na divisão manufatureira do trabalho. A luta pelo presente é a luta pela produção de espaços ilimitados.
Descrição: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Econômia
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/121098
Data: 2011


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
298999.pdf 456.0Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar