Interdisciplinaridade entre os cursos do CSE e CCJ/UFSC: possibilidade ou realidade?

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Interdisciplinaridade entre os cursos do CSE e CCJ/UFSC: possibilidade ou realidade?

Mostrar registro completo

Título: Interdisciplinaridade entre os cursos do CSE e CCJ/UFSC: possibilidade ou realidade?
Autor: Junqueira, Simone Martins
Resumo: Este trabalho tem como objetivo conhecer o discurso sobre a formação interdisciplinar nos cursos que integram o Centro Sócio Econômico (CSE), Serviço Social, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Ciências da Administração e o Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) com o curso de Direito, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Escolhemos os cursos do CSE por serem os mais próximos do curso de Serviço Social, visto que funcionam no mesmo prédio, e o CCJ pelos imbricamentos dos conhecimentos com o Serviço Social na perpectiva dos direitos e por estar geograficamente próximo ao CSE. Os procedimentos metodológicos utilizados foram qualitativos onde fizemos revisão bibliográfica sobre o tema, realizamos uma pesquisa documental analisando os Projetos Políticos Pedagógicos (PPP) dos cursos e entrevistamos os seus coordenadores e o Diretor do CSE, de forma a identificar o quanto a perpectiva da interdisciplinaridade se faz presente. O objeto deste estudo surgiu no campo de estágio quando participamos de um Programa Multidisciplinar do Governo do estado onde ficou evidente a dificuldade da prática profissional interdisciplinar se materializar em ações cotidianas. Deste modo, a pesquisa ganha relevância na medida em que constatamos que a interdisciplinaridade como estratégia de intervenção pressupõe uma preparação anterior do profissional, que pode ser conferida à graduação. Para falar sobre interdisciplinaridade na perspectiva pedagógica, percebemos a importância de pesquisar sobre a política de ensino superior no Brasil. Constatamos que, do ponto de vista do processo ensino-aprendizagem a interdisciplinaridade é um projeto que se dá em parceria, de modo que objetive a construção de novos saberes e, para isso, faz-se necessário a socialização do conhecimento, das linguagens e dos conhecimentos específicos O trabalho interdisciplinar, em tese, pode permitir a interlocução entre as áreas do conhecimento, como também compõem uma estratégia importante para que estas não se acanhem num racionalismo que usurpa e oculte a riqueza da diversidade e promova o intercâmbio de informações que qualificará a intervenção.
Descrição: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Serviço Social.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/120477
Data: 2010


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
291199.pdf 1.109Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar