O Grupo multidisciplinar de ações sociais - G.M.A.S. - na prefeitura municipal de Florianópolis: uma experiência de rede social no atendimento e implementação de políticas púbicas

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

O Grupo multidisciplinar de ações sociais - G.M.A.S. - na prefeitura municipal de Florianópolis: uma experiência de rede social no atendimento e implementação de políticas púbicas

Mostrar registro completo

Título: O Grupo multidisciplinar de ações sociais - G.M.A.S. - na prefeitura municipal de Florianópolis: uma experiência de rede social no atendimento e implementação de políticas púbicas
Autor: Trebien, Débora Lis
Resumo: O presente Trabalho de Conclusão de Curso volta seu foco de interesse na experiência de estágio curricular obrigatório do Curso de Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina, desenvolvido no Grupo Multidisciplinar de Ações Sociais # G.M.A.S., da Secretaria Municipal da Habitação, Trabalho e Desenvolvimento Social da Prefeitura Municipal de Florianópolis, entre os meses de julho a dezembro de 2004. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica e do relato de experiência vivenciado no estágio curricular, onde se fundamenta o trabalho em redes sociais na instituição, contextualizando a implementação destas ações sociais articuladas e intersetoriais. Esta idéia de rede tem se destacado nas discussões sobre as políticas sociais como instrumentos para a dinamização e organização coletiva voltada à articulação das ações e de instituições que realizam atendimentos aos direitos sociais. Assim, a tentativa de resgatar esta experiência no àmbito da pesquisa exigiu a compreensão do cenário em que se constitui, isto é, a relação entre Estado e política social no neoliberalismo. Diante deste ~orama,, as políticas sociais são fragmentadas, residuais, focalistas, e por isto a implementação de rede social nas instituições públicas surge como alternativa, haja vista a sua forma de se organizar e potencializar as ações da instituição. A promoção do desenvolvimento social nas atuais condições da sociedade globalizada e informatizada requer que aconteçam mudanças nestas ações sociais fragmentadas, oportunizando e abrindo espaço para redes horizontais de atuação que possam vir a contribuir para o atendimento às demandas sociais com maior eficiência, eficácia e efetividade, bem como para a otimização dos recursos públicos financeiros, materiais e humanos. A partir destas considerações, o presente trabalho terá como objetivo identificar os pontos que facilitaram e dificultaram a experiência de rede social no atendimento e implementação de políticas públicas na esfera municipal
Descrição: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Serviço Social.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/118558
Data: 2005


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
286706.pdf 42.91Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar