Dependência química: a importância de grupos terapêuticos no ambiente de trabalho

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Dependência química: a importância de grupos terapêuticos no ambiente de trabalho

Mostrar registro completo

Título: Dependência química: a importância de grupos terapêuticos no ambiente de trabalho
Autor: Pfleger, Joze
Resumo: O presente Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), aborda como tema central "A Dependência Química", delimitado em um estudo sobre "A importância dos grupos terapêuticos no ambiente de trabalho para dependentes químicos em recuperação", atividade desenvolvida pelo programa PRAD (Programa de Prevenção e Tratamento ao uso de Álcool e outras Drogas), na Empresa ELETROSUL. O objeto deste estudo é verificar junto aos participantes do grupo terapêutico a importância que este tem em seu processo de recuperação, bem como na prevenção à recaída, com vistas a subsidiar a intervenção do profissional de Serviço Social. A construção deste trabalho é resultado de pesquisa bibliográfica, análise documental e pesquisa de campo de caráter qualitativa. A obtenção das informações se deu através da instrumental entrevista semi-estruturada, por meio de uma amostra, escolhida entre participantes do grupo terapêutico (quatro participantes ativos e dois participantes que deixaram de participar das reuniões). Como resultado apresenta a efetivação de grupos terapêuticos para dependentes químicos em recuperação no ambiente de trabalho, em algum momento beneficia o empregado em questão, seja em situações inerentes ao trabalho ou na vida pessoal
Descrição: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Curso de Serviço Social.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/118467
Data: 2005


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
287367.pdf 39.83Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar