Sistema Único de Saúde e Educação Física: Aproximações a partir do grupo de epidemiologia da atividade física - atenção básica

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Sistema Único de Saúde e Educação Física: Aproximações a partir do grupo de epidemiologia da atividade física - atenção básica

Mostrar registro completo

Título: Sistema Único de Saúde e Educação Física: Aproximações a partir do grupo de epidemiologia da atividade física - atenção básica
Autor: Del Vecchio, Fabricio; Siqueira, Fernando; Galliano, Leony; Seus, Thamires
Resumo: Com o aumento da expectativa de vida, e consequente aumento da população de idosos, as doenças crônico-degenerativas tendem a se manifestar de forma expressiva e, frequentemente, estão associadas à comorbidades, gerando incapacidades que podem comprometer a funcionalidade, dificultando ou impedindo o desempenho de atividades cotidianas de forma independente. Entre os principais fatores de risco contribuintes para a ocorrência dos agravos crônico-degenerativos, encontram-se a hipertensão arterial, a obesidade, o alto nível de colesterol, o consumo de álcool e de tabaco e o sedentarismo. Por outro lado, sabe-se que praticar Atividade Física (AF) regular é reconhecidamente um comportamento capaz de prevenir doenças crônicas e interage de forma positiva com outras estratégias comportamentais de promoção da saúde, tais como hábitos alimentares saudáveis, abandono do tabagismo, consumo de álcool e drogas. O objetivo do projeto é incluir o profissional de Educação Física na UBS de ensino Areal Leste da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), de forma que atue no aconselhamento à comunidade e aos profissionais que nela atuam quanto à atividade física e na coordenação de programas de atividade física (AF). A intervenção é baseada em quatro atividades específicas: a) Estudo de Linha de base da população da área de abrangência da UBS; b) Atividade de divulgação da função do educador físico na sala de espera e aconselhamento a prática de AF; c) Aulas coletivas de AF à população; d) Atendimento ambulatorial a população da área de abrangência. É esperado que, ao final da intervenção, ocorra diminuição estatisticamente significativa em relação à prevalência de sedentarismo na população da área de abrangência das UBS assim como melhor da prevalência de aconselhamento feita aos usuários. Outro resultado esperado é a inclusão de área de estágio nas UBS para os estudantes do curso de educação Física da UFPel.
Descrição: Trabalho apresentado no 31º SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, realizado em Florianópolis, SC, no período de 04 a 07 de agosto de 2013 - Universidade Federal de Santa Catarina.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/117282
Data: 2014-06-25


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
Saúde - Sistema ... física-atenção básica.pdf 259.0Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar