Análise do controle dos ativos imobilizados na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos: um estudo de caso em uma unidade vinculada a Diretoria Regional de Santa Catarina

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Análise do controle dos ativos imobilizados na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos: um estudo de caso em uma unidade vinculada a Diretoria Regional de Santa Catarina

Mostrar registro completo

Título: Análise do controle dos ativos imobilizados na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos: um estudo de caso em uma unidade vinculada a Diretoria Regional de Santa Catarina
Autor: Machado, Eduardo Pereira
Resumo: Os controles internos atuam como um ponto de diferenciação entre as empresas aumentando a segurança e a qualidade dos processos nela aplicados. Desta forma, percebe-se a necessidade das empresas em aderir procedimentos internos funcionais e que representem vantagens competitivas. O presente trabalho tem como objetivo identificar e analisar as normas internas utilizadas no Centro de Tratamento de Cartas de Florianópolis, quanto controle dos seus ativos imobilizados, sob a luz de princípios adotados para a elaboração de controles internos. Para controlar os ativos imobilizados as informações registradas devem ser fidedignas e buscar representar de forma adequada a situação patrimonial da entidade, para que se tenha uma efetiva gestão dos mesmos. A metodologia utilizada para a execução deste estudo é descritiva, quantitativa e qualitativa, realizada através de estudo dos manuais aplicados na empresa selecionada, observando a consonância com os pontos apresentados no referencial teórico, fazendo uma análise do descrito para a realização dos controles. Para testar a efetividade dos procedimentos adotados para controles dos ativos da unidade estudada, foi realizada uma verificação dos bens constantes no termo de responsabilidade patrimonial da empresa, através de verificações amostrais, aleatórias e indutivas nos bens que compõe o Ativo Imobilizado. A pesquisa teve como resultados a apresentação dos manuais internos da empresa, adotados como parâmetros para a execução das atividades, comparando-os com os princípios de controles internos Com base nas amostras, foi realizada uma verificação in loco na unidade, confrontando as informações obtidas através das amostras e a existência física dos bens nela apontados. Ao analisar os resultados gerados por este estudo pôde-se identificar que os manuais de procedimento interno referentes à auditoria e aos controles internos da empresa, não estão em consonância com a teoria fundamentada para a análise. Além disso, nas verificações amostrais e indutivas realizadas, foram apontadas algumas divergências nos bens imobilizados, enfatizando que na prática, o controle dos bens diverge do preceito nas normas.
Descrição: TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Ciências Contábeis
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/115650
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
TCC - Eduardo Pereira Machado (07104016).pdf 335.8Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar