Contribuições ao Estudo das Lajes de Nervuras Pré-fabricadas

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Contribuições ao Estudo das Lajes de Nervuras Pré-fabricadas

Mostrar registro completo

Título: Contribuições ao Estudo das Lajes de Nervuras Pré-fabricadas
Autor: Knoth, Adalberto
Resumo: O presente trabalho monográfico tem, como escopo, o estudo das lajes de nervuras pré-fabricadas, analisando-se a continuidade dessas lajes em um pavimento tipo de um edifício de alvenaria estrutural. A pesquisa direciona-se à avaliação de alternativas para se dimensionar o pavimento, uma vez que a continuidade das lajes faz com que surjam momentos negativos nos apoios. Estes, por sua vez, podem ser bastante elevados, gerando maiores dificuldades no dimensionamento. Para a análise e dimensionamento das lajes adotou-se a simplificação de cada uma delas em vigas de seção T. Embora a alternativa de se dimensionar as lajes, considerando-se a sua continuidade, gere maior necessidade de mão de obra para a montagem das armaduras, em contrapartida, verifica-se que pode-se conseguir economia de materiais com esta alternativa. Outro aspecto observado é que as lajes de nervuras pré-fabricadas apresentam grandes deformações em serviço, sendo este o critério que mais dificulta seu dimensionamento. Propôs-se alguns casos particulares de vigas contínuas com dois tramos, os quais foram avaliados o comportamento das vigas à flexão e ao cisalhamento. Verifica-se que, com a continuidade das lajes, os momentos negativos que surgem nos apoios são bastante elevados e, por vezes, podem ser superiores ao momento resistente da laje naquele local, assim, deve-se lançar mão de alternativas para solucionar essa problemática. Dentre as alternativas que se considerou mais interessantes tem-se: criar uma região maciça de concreto nas regiões próximas aos apoios; aplicar redistribuição de esforços nos apoios com maiores momentos negativos; utilizar armadura dupla para auxiliar na resistência à compressão das nervuras nos apoios. Cada uma das alternativas propostas, apresenta vantagens e desvantagens, sendo que, para cada caso estudado, a alternativa mais adequada pode ser diferente. Pode-se constatar que, embora as lajes de nervuras pré-fabricadas não apresentem bom comportamento à flexão, quando submetidas à momentos negativos, o maior empecilho que surgiu refere-se à dispensa de armadura transversal. Assim, diante da pequena largura da seção transversal que essas vigotas geralmente apresentam, fator comum foi a não ocorrência da dispensa de armadura de cisalhamento. Logo, uma das alternativas mais interessantes, é a opção com vigotas que permitam maiores larguras para as seções transversais. Por fim, a pretensão do trabalho não se resume em sanar todos os aspectos acerca do tema, mas tão somente dar ampliação acerca da matéria abordada.
Descrição: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnológico. Engenharia Civil.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/115431
Data: 2013-11-28


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização Descrição
Contribuicoes_a ... icadas_Adalberto_Knoth.pdf 2.666Mb PDF Visualizar/Abrir Artigo principal

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar