A assistência à família: a experiência de uma construção interdisciplinar

DSpace Repository

A- A A+

A assistência à família: a experiência de uma construção interdisciplinar

Show full item record

Title: A assistência à família: a experiência de uma construção interdisciplinar
Author: Prazeres, Greicy Gandra Soares
Abstract: A família como objeto de estudo, vem sendo pesquisada e trabalhada por diferentes áreas do conhecimento ao longo dos tempos. Considerada por estes pesquisadores como urna construção histórica, a família pode se apresentar de várias formas, variando em sua organização e nas relações que mantêm, tanto corn o contexto interno como com o meio externo, não cabendo a ela uma conceituação exata e tampouco a definição de modelos ideais. Tanta complexidade tem levado os estudiosos a apontar a interdisciplinaridade como uma alternativa para estudar e trabalhar esta instituição, urna vez que possibilitaria a interlocução de várias disciplinas e a criação de um novo conhecimento que possa abarcar as questões referentes A família. Este trabalho pretende expor sobre o desenvolvimento de um projeto interdisciplinar de assistência a famílias, realizado através de um grupo de pesquisa da Universidade Federal de Santa Catarina. Num primeiro momento discorremos sobre a família na contemporaneidade, levantando alguns aspectos referentes aos diferentes aportes teóricos que a abordam; sobre a família no contexto do cuidado, enquanto promotora deste aos seus membros ou receptora dos cuidados oferecidos pelo Estado (Políticas Públicas); e por fim, apresentamos a forma como ela aparece para o Serviço Social e as ações desenvolvidas por estes pro fissionais. Em seguida, apresentamos o grupo de pesquisa que criou o projeto, e a forma como foi construída e escolhida a metodologia a ser empregada no trabalho com as famílias. A assistência as famílias aconteceu através de oficinas interdisciplinares, realizadas quinzenalmente por um período de 4 (quatro) meses, onde se fa7iarn presentes profissionais do Serviço Social, da Psicologia e da Enfermagem. No terceiro e último capitulo, descrevemos como aconteceram estas oficinas com as famílias, a forma como foram preparados os encontros, a escolha das temáticas, das técnicas, dinâmicas e vivências trabalhadas, o andamento do grupo e as avaliações da equipe. Após a realização deste, várias considerações podem ser levantadas em relação ao trabalho com famílias: a mesma não participa em sua totalidade, mas sim somente alguns membros (e geralmente a mulher), o que consistiu em um desafio para a equipe, já que se pretendia não perder de vista que o trabalho era focalizado para o grupo familiar; no grupo, os participantes traziam questões do seu cotidiano e não somente as situações emergenciais, podendo a equipe trabalhar na perspectiva da prevenção de algumas crises/conflitos; as dificuldades encontradas pelos profissionais, por se tratar de um conhecimento novo e de urna forma diferente de trabalhar em equipe, que exigiu dos mesmos uma nova postura frente As outras disciplinas, a fim de construir a interdisciplinaridade, entre outras questões que serão abordadas durante este trabalho
Description: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Serviço Social.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/114271
Date: 2003


Files in this item

Files Size Format View
288830.pdf 28.86Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar