Genealogia e primitivismo no modernismo brasileiro: o mundo perdido de Flávio de Carvalho

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Genealogia e primitivismo no modernismo brasileiro: o mundo perdido de Flávio de Carvalho

Mostrar registro completo

Título: Genealogia e primitivismo no modernismo brasileiro: o mundo perdido de Flávio de Carvalho
Autor: Mata, Larissa Costa da
Resumo: V. 1: Este trabalho sugere uma alternativa aos procedimentos vanguardistas que concebem o ?primitivo? como um passado remoto, como a gênese de um desenvolvimento progressivo da História. No modernismo brasileiro, a questão se apresenta, via de regra, como uma tentativa de buscar no "primitivo?"um grau zero e fundar as bases do nacionalismo cultural. Por sua vez, o artista brasileiro Flávio de Carvalho (1899-1973)sugere uma interpretação diversa da origem (e, por conseguinte, do"primitivo"). Para ele, a origem não necessita ser buscada a priori, masse inscreve no instante presente, em uma metamorfose incessante. A sua perspectiva, afim do pensamento nietzscheano sobre a genealogia, o aproxima das reflexões de intelectuais intempestivos no momento em que viveram, como Roger Caillois (1913-1978), Carl Einstein (1885-1940) e Aby Warburg (1866-1929), que sugerem que possamos encontrar no "primitivo" a negatividade necessária para uma revisão da mimese como um critério predominante da representação, bem como para uma revisão das margens entre as disciplinas. Esta tese tem como foco especialmente a série de escritos intitulada "Os gatos de Roma/Notas para a reconstrução de um mundo perdido", publicada por Flávio de Carvalho no Diário de São Paulo entre os anos de 1957 e 1958. Esses textos consistem numa genealogia do desenvolvimento intelectual do homem (da linguagem, da estética) e do mundo (a passagem da cidade à floresta, os Impérios) e perpassam diversas disciplinas como a psicanálise, a antropologia e a filosofia. A série é confrontada com fragmentos da obra de Mário de Andrade (de ensaios de Aspectos das artes plásticas do Brasil, e de O baile das quatro artes,dentre outros), escritor paulista quem apresenta um contraponto para a noção de origem carvalheana. O intuito é o de investigarmos como ambos dialogam com a mesma biblioteca primitivista, se posicionam com relação a uma perspectiva da genealogia na arte (em especial considerando-se a dança, mas também a pantomima e o desenho) e concebem o "culto do herói" (do pai, do chefe de Estado ou do fundador) na modernidade.<br>V. 2: Este volume consiste na transcrição da série de Flávio de Carvalho intitulada, de "Os gatos de Roma" do número I ao XXIV e, deste número ao LXV de "Notas para a reconstrução de um mundo perdido",publicada no Diário de São Paulo entre 6 de janeiro de 1957 e 21 de setembro de 1958. O texto transcrito está com a ortografia atualizada segundo a última resolução e acompanhado por notas de rodapé com informações sobre os autores citados e com o registro das correções do original. A série está seguida, ainda, de dois textos que compunham inicialmente a conferência que Flávio de Carvalho apresentou no Congresso Mente e Controle do Cérebro que aconteceu na Universidadeda Califórnia, nos Estados Unidos, em 1962. Nesses textos, o autorresume parte das hipóteses já apresentadas na série dos anos 1950.<br>Abstract : V. 1: This dissertation proposes an alternative perspective to the generalavant-garde view of the "primitive" as a remote past, as the origin of aprogressive development of history. Brazilian Modernists often used the "primitive" to ground their cultural nationalism. However, Brazilianartist Flávio de Carvalho (1899-1973) suggested a differentinterpretation of origin (and, therefore, the "primitive"). For him, origindoes not have to be searched for a priori; it is inscribed in the presentinstant, in an incessant metamorphosis. His perspective, akin toNietzsche's thought about genealogy, brings him near to the reflectionsof intellectuals that seemed unseasonable to their own time, like RogerCaillois (1913-1978), Carl Einstein (1885-1940) and Aby Warburg(1866-1929), all of whom suggest that one can find in the "primitive" the negativity necessary to question the idea of mimesis as apredominant criteria for representation and for the distinction betweendisciplines. This dissertation focuses on a series of writings named "Osgatos de Roma/Notas para a reconstrução de um mundo perdido" ("The Cats of Roma/Notes for the Reconstruction of a Lost World"), publishedin the newspaper Diário de São Paulo, between 1957 and 1958. Thesetexts provide a genealogy of human intellect in the world (approachinglanguage and aesthetics, and the path from the forest to the city) thatthreads through areas such as psychoanalysis, anthropology andphilosophy. I will contrast Carvalho"s texts to fragments from Mário deAndrade's works such as essays from Aspectos das artes plásticas doBrasil and O baile das quatro artes (Aspects of Arts in Brazil and The Ball of the Four Arts) among other. This comparison aims to investigatehow the authors dialogued with the same primitivist library, theirpositions concerning the connections between art and genealogy, andhow they treated the "hero cult" (the father, the head of State or thefounder) in Modernity. <br> V. 2: This volume consists in a transcription of the series of texts by Flávio deCarvalho designed, from number I to XXIV as "The cats from Rome" and, from number XXIV on, as "Notes for the reconstruction of a lostworld", published on Diário de São Paulo between January 6th, 1957and September 21st, 1958. The orthography of the originals has beenupdated according to the current Portuguese Language OrthographicAgreement and footnotes with information concerning the authorsquoted and the text edition were added to this transcription. The series isalso followed by two texts which corresponded to the lecture Carvalhopresented in the Seminar Mind and Brain Control which took place atCalifornia University in the United States in 1962. On those texts,Carvalho summarizes the hypothesis presented by the 1950's series.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Literatura, Florianópolis, 2013.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/107295
Data: 2013


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
319152.pdf 11.39Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar