Avaliação da conformidade de cuidados que integram um bundle de prevenção da pneumonia associada à ventilação mecânica em unidade de terapia intensiva

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Avaliação da conformidade de cuidados que integram um bundle de prevenção da pneumonia associada à ventilação mecânica em unidade de terapia intensiva

Mostrar registro completo

Título: Avaliação da conformidade de cuidados que integram um bundle de prevenção da pneumonia associada à ventilação mecânica em unidade de terapia intensiva
Autor: Silva, Sabrina Guterres de
Resumo: A Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica (PAV) é uma das infecções relacionadas à assistência à saúde mais recorrente nas Unidades de Terapia Intensiva, representando números expressivos nas taxas de morbimortalidade e nos custos hospitalares. Para mudar essa realidade, é fundamental que medidas de prevenção sejam adotadas pelas instituições de saúde, com o objetivo de reduzir sua ocorrência nos casos possíveis de serem evitados. Os bundles têm sido uma estratégia bastante recomendada para prevenção de infecções incluindo a PAV. Constituem um pacote de práticas baseadas em evidências que quando realizadas de maneira efetiva culminam com a qualidade assistencial e segurança dos pacientes. Nessa perspectiva, o objetivo deste trabalho foi avaliar a conformidade dos cuidados de um bundle de prevenção da PAV, construído coletivamente por profissionais de enfermagem e fisioterapia de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Trata-se de um estudo descritivo e transversal com abordagem quantitativa, realizado na UTI geral de um hospital público de Santa Catarina entre os meses de julho e agosto de 2012, pelo período de 30 dias. A coleta de dados ocorreu nos três turnos de trabalho a partir de observação direta das quatro práticas de prevenção que compõe o bundle quais sejam: higiene oral com clorexidina 0,12%; cabeceira elevada entre (30-45°); pressão do cuff entre 20-30 cmH2O; e cuidados com aspiração endotraqueal. A amostra deu-se por conveniência correspondendo às oportunidades de observação/avaliação das práticas no período de coleta de dados. A conformidade esperada foi >80%, considerada pelo índice de positividade de Carter como uma assistência segura. Foram realizadas 1147 (100%) observações das práticas de prevenção da PAV, das quais 794 (69,2%) estavam em conformidade, determinando uma assistência classificada como indesejada. Em nenhum dos turnos foi alcançado à conformidade geral esperada >80%. O turno da manhã apresentou o maior índice de conformidade 340 (74,7%) e o turno da noite o menor índice 184 (64,8%). A elevação da cabeceira foi a medida que obteve menor índice de conformidade em todos os turnos 239 (55,5%) devido a angulação abaixo da recomendada. A aspiração endotraqueal apresentou conformidade geral 272 (84,7%). Porém, no turno da noite essa prática não atingiu a conformidade mínima esperada 44(68,8%). No que tange a pressão do cuff nenhum turno atingiu a conformidade esperada, sendo que o menor índice ocorreu no turno da tarde 33 (41,8%). O determinante para esse resultado foi relacionado a valores de pressão do cuff acima do recomendado. A higiene oral atingiu conformidade dentro do índice determinado como cuidado seguro 144 (84,7%), porém o turno da tarde apresentou um índice um pouco abaixo do esperado 43 (79,6%). Observou-se que a conformidade de alguns cuidados encontra-se aquém do esperado, mostrando a necessidade de instituir medidas que garantam a efetividade na utilização do conjunto dessas práticas de prevenção, aspecto imprescindível no uso do bundle. Acredita-se que práticas educativas de caráter permanente que envolvam a equipe multiprofissional, configuram-se como ferramentas eficientes para alcançar a conformidade dessas práticas no cotidiano assistencial. A qualidade do cuidado reflete na redução dos casos de PAV e consequente segurança do paciente em VM, e isso demanda ações multidisciplinares concretas e auditorias periódicas. <br>Abstract : The Ventilator-Associated Pneumonia (VAP) is one of the infections related to health care more recurrent in Intensive Care Units, representing significant numbers in morbidity and mortality rates and hospital costs. To change this situation, it is essential that preventive measures are adopted by healthcare institutions, with the aim of reducing its occurrence in the cases possible to be avoided. The bundles have been a highly recommended strategy for preventing infections including VAP. They constitute a package of evidence-based practices that when done effectively culminate with the quality of care and patient safety. In this perspective, the objective of this study was to evaluate the compliance of a care bundle to prevent VAP, collectively constructed by professional nursing and physiotherapy in an Intensive Care Unit (ICU). This is a descriptive, transversal and quantitative approach, performed in the general ICU of a public hospital in Santa Catarina between the months of July and August 2012, for a period of 30 days. Data collection occurred in three shifts from direct observation of the four prevention practices that compose the bundle, namely: oral hygiene with chlorhexidine 0.12%; bed head elevated between (30-45 °); cuff pressure between 20-30 cmH2O and; care of endotracheal suctioning. The sample collection was made by convenience corresponding to the opportunities for observation / evaluation of the practices during the period of data collection. The expected conformity was > 80%, rate considered as a safe assistance by the positivity index by Carter. 1147 (100%) observations of VAP prevention practices were carried out, of which 794 (69.2%) were in conformity, configuring an undesired assistance. In none of the shifts was achieved the minimum general conformity expected > 80%. The morning shift had the highest conformity rate 340 (74.7%) and the night shift had the lowest rate 184 (64.8%). Elevation of the bed head was the practice with the lowest rate of conformity on all shifts 239 (55.5%), due to angulations below the recommended. Endotracheal aspiration showed general conformity 272 (84.7%). However, on night shift this practice has not reached the minimum expected conformity 44 (68.8%). Regarding the cuff pressure, no turn reached expected conformity, and the lowest rate occurred in the afternoon 33 (41.8%). The determinant for this result was related to cuff pressure values above recommended. Oral hygiene has reached overall conformity within the given index as safe care 144 (84.7%), with the afternoon shift obtaining a percentage lightly below the expected 43 (79.6%). It was observed that the conformity of some cares is less than expected, showing the need for the institution of measures to ensure the effectiveness in the use of these prevention practices, indispensable aspect in the use of the bundle. It is believed that permanent educational practices involving the multidisciplinary team, emerge as efficient tools for achieving conformity of these practices in everyday care. The quality of assistance reflects in the reduction of cases of VAP and, consequently, patient safety in VM, and that demand multidisciplinary concrete actions and periodic audits.
Descrição: Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar em Saúde, Florianópolis, 2013.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/106893
Data: 2013


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
319147.pdf 1.046Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar