A filosofia da música como filosofia primeira: o sentido metafísico da música em Schopenhauer

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

A filosofia da música como filosofia primeira: o sentido metafísico da música em Schopenhauer

Mostrar registro completo

Título: A filosofia da música como filosofia primeira: o sentido metafísico da música em Schopenhauer
Autor: Silva, Luan Corrêa da
Resumo: Schopenhauer propõe, em O mundo como vontade e como representação, uma consideração metafísica da música, em oposição a sua consideração física. Mostra-nos, a partir daí, como a música é expressão da própria essência do mundo e, sendo assim, como é possível uma analogia entre ambos. Essa tese, que influenciou de imediato pensadores e compositores - representando um salto importante para a compreensão sobre a expressão musical - permite-nos refletir como a música não é apenas uma expressão do humano, mas é constituinte dele; isto é, permite-nos mostrar de que maneira a metafísica da música pode ser pensada como uma filosofia primeira. <br>
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Filosofia, Florianópolis, 2013.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/106869
Data: 2013


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
318480.pdf 1.148Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar